arrombada, humilhada e toda mijada....



Ontem tive uma experiência diferente.

Saí com um cara que conheci na internet, um dominador, logo de manhã cedo, antes de ir trabalhar. Nos encotramos as 8hs da manhã e ele me levou pra um motel. La chegando me ordenou que tirasse a roupa, sentou e mandou que eu me ajoelhasse e colocasse a cara no chão, em todas as ordens obedeci como uma vagabunda da minha laia deve fazer, tirei toda a roupa e ajoelhei em frente a ele, deitando a cara no chão de forma a expor bem o meu rabinho pra cima.

Ele então começou a foder meu cuzinho com 2 dedos, dizendo que era para alargar bem o meu cuzinho quase virgem, pois ele não tocaria na minha buceta, apenas foderia meu cu, me enrabando tanto quando ele quisesse, de forma a se sentir satisfeito.

Após dedar por alguns minutos o meu rabinho apertadinho, mandou que eu me levantasse e me posicionasse, de rabinho bem empinado em cima do cavalete, e, colocando as mão para tráz , puxasse minhas nadegas para fora, de forma a arreganhar o cuzinho ao máximo e então meteu a piroca no meu rabo de uma vez só, socando rápido e forte, desvirginando de vez meu cuzinho apertado.

Ele comeu meu cu várias vezes, enfiando sempre com força, mas me proibindo de gritar ou gemer. Uma sensação incrível essa de ser enrabada por um cara praticamente estranho, que me encontrou com o único objetivo de me humilhar, me colocar no meu lugar de cadela vadia e arrombar meu cu, sem dó nem piedade. sem nenhum tipo de carinho.

Depois que meu cu já estava bem largo ele tirou a pica de dentro e me mandou pro banheiro. Novamente obedeci como m putinha deve fazer. Era minha primeira vez numa sessão de dominação, mas eu sabia me comportar como uma putinha obediente.

Cheguei ao banheiro e ele mandou que eu entrasse no box e me ajoelhasse. Ao me ver de joelhos, entrou e começou a mijar em mim. Que sensação deliciosa sentir o jato quente de urina na minha cara de piranha safada e escorrendo pelo meu corpo. Me senti a mais vagabuda e usada das cachorras, um tesão inenarravel por ter certeza que a partir desse momento eu definitivamente havia me tornado na puta rameira que eu nasci pra ser. Estava ali com o cu arrombado, minhas preguinhas inchadas por terem sido tão impetuosamente arrebentadas e tomando mijo nessa cara de vagabunda que tenho.

Ele parou de mijar, mandou que eu ficasse de 4, com a cara no chão novamente, aquele chão todo molhado de urina, e com as mãos pra tras puxasse minhas nadegas pra fora, arreganhando bem o rabo. Achei que ele fosse meter no meu cu novamente, quado senti o jato de urina batendo no meu cuzinho arrombado.

Quando ele terminou, me deu 1 minuto pra eu me lavar, depois mandou que eu me vestisse para ele me largar onde me pegou.

No caminho ele disse que iria me ligar em breve pra ele arrombar mais meu cu e me usar de privada novamente. Eu disse que estaria as ordens. Ele então disse que a partir daquele dia meu cu pertencia a ele, e dessa vez eu disse que não.

Exliquei a ele que sou cadela de rua, que ele pode me usar quando quiser, mas que vou dar o rabo pra qualquer um e tomar mijo na cara de muitos outros machos, que inclusive tenho planos de ser fodida por vários homens, onde no final todos mijem em mim. Agradeci a ele por ter me transformado finalmente numa piranha completa.

Ele me deu um tapa na cara e me cuspiu também. Me chamou de vadia arrombada e disse pra eu fazer com esse meu cu arrombado o que eu bem intendesse, mas que quando ele me quisesse eu teria que estar disponível pra ser usada por ele. Eu disse que sim. Ele perguntou se eu passaria a cobrar, repondi que não. Sou piranha por gosto e não preciso do dinheiro (embora eu não irei pagar motel).

Ele abriu a porta do carro e disse, agora fora daqui vagabunda. E espera que eu te procuro quando quiser comer teu rabo de novo e mijar nessa sua cara de safada arrombada.

Sai do carro e fui andando para o metrô, em direção ao meu trabalho, e confesso que não foi fácil passar o dia sentada atras do computador com o rabinho ardendo e inchado de tanto dar, mas com uma sensação de dever cumprido.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario grisalho60

grisalho60 Comentou em 21/03/2016

Votei e fiquei curioso como vc consegue ser esta cadela safada casada e ainda trabalha? Se tivesse competição olímpica com certesa vc seria medalhista!!!! Bjs e continue escrevendo sua competições.....

foto perfil usuario skarlate

skarlate Comentou em 13/03/2016

lendo a segunda vez seguida e tocando mais uma com a rola toda esporrada

foto perfil usuario skarlate

skarlate Comentou em 13/03/2016

colossal

foto perfil usuario cassete 22

cassete 22 Comentou em 07/03/2016

Otimo conto, fiquei de pau duro loko pra comer e mijar nesse cú arrombado.

foto perfil usuario sofa

sofa Comentou em 06/03/2016

Excitante conto! Minha piroca te quer vadia...

foto perfil usuario eroscontos

eroscontos Comentou em 05/03/2016

VOTADO...se puder leia meus relatos tb....bjks




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


52526 - Nasci pra ser vadia - Categoria: Virgens - Votos: 47

Ficha do conto

Foto Perfil cadelacarioca
cadelacarioca

Nome do conto:
arrombada, humilhada e toda mijada....

Codigo do conto:
79968

Categoria:
Fantasias

Data da Publicação:
04/03/2016

Quant.de Votos:
26

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de gay dando a bunda pro pai do meu amigosexo perdendo a viginidade com o pai e a mãe vídeos liberadowww.contos de incesto deixei meu tio chupar minha bucetinhaporno esposa flagra marido chupando picacontos eroticos minha mulher bebadacontos com fotoscfm casadasmeu irmao pauzudo me comeuConto eroticos Porno gay Tio DescobriuContos erot travesti garota vaiconto eroticos de meninas gordinhasfiquei sozinha na casa do titio e provoquei ele sem calcinha pornofotonovela xxxcontos erotico sograconto erotico ela cagou no meu paumulher mastubado muito explosão de goza forte muuitoorgia em sala de aula elas vao sem calcinhaconto erotico comi a casada evangelica no taxiconto erotico. na cabine eróticatitio safado caralhudo noiva putinha noivo corninho safado contos com fotosmeu pauzudodominadoras gostosas contoscontos eróticos namorada tímida transformei ela na minha p***contos com fotoscfm casadascontoseroticos tirei o cabaso da minha entiada jamily doida pra dacontos eroticos de orgia de carla gulusinha sorridende videomeu padrasto comeu minha bucetinha careca contosintiada.chega da academia louca pra da o.cuzinho sexoconto erotico casada enrabada por um menininhocontos de homem hetero dando para encanador na sua casaestrupei meu priminho brincando de lutinha contosgayporno historia em quadrinhoscontos de crentinhacontos eroticos demenor e tiocoto mulher fodendo namoradocontoerotico de incesto com filhas menininhasConto erotico de ménina 12 mostrando a bucetinhaconto titio me fudendocontoerotico sobrinha cabacinhainstagram raffa_kaconto erotico gay chantagemultimos conto sadocontos eroticos sentando no colo na viagem@mesquitabiielchuprarcontactpromo.ruporno gay de dragon ballgays magrinhos cacetes grandes falando besteira no ouvido e transandoconto erotico minha mae ten abuceta muito grandeconto o macho da minha mulhertrote na faculdade conto lésbicoconto boquete no amigo heterocontos de c**** esposa e seu plano eróticocoto erotico craudinha e seu irmáoContos excitantes dentro de transportes gozou dentronegão hqmamae e mais pentelhuda que a minha namorada conto eroticoContos eroticos seios gigates taradocontos eroticos o matutonao resisti o carinhos e os ecantos do meu filho pornocontos eroticos - esposa do amigo peitudaminina di meno dano u cu iabucetao peito gostoso quadrinho eroticosededesexo pau na sogracomi a minha enteada contosme leva ali,contos eroticoscontos eroticos pica enorme do papaifui trair meu marido e chorei arependida o cara comeumeu cucontoseroticosdando mamacontos de negra maniaca por sexocontos eroticos dando tiaoContos erotico em quadrinhos o punheteiro da praça comtoss eroticos minha prima no cabarecontos aprendendo a dirigirconto erótico garotinha da praça parte 2contos eróticos de novinha q transou depois q saiu do cinemaconto erotico crente bebendo leitegata da noite usuaria contos eroticosquadrinhos de familia pornôconti erotico a massagista enfiou o dedo no meu cu e chupacontos eroticos dei o meu cu para meu filhoconto porno velho roludoconto namorada e sogras vivem nuascontos eroticos engravidando do mendigo dotadocontos eróticos de cenoura no cuzinhocontos eroticos gays de a carona do velhocontos eróticos espiando minha esposa novinha em cacete GG parte 2dei a bucetapromeu filhocontosmendigogayquadrinho erotico praiaconto familia da esposa nudistameninas timidas pedindo carona para caminhoneiro tarado contos eroticosUm pauzao viciou minha esposa contoscontos eroticos comi a mulher da lotericaConto erotico mães irmãs e vovôscontos de marido da minha primacomir minha sogra milf e minha namorada delicia