Recordações de uma cdzinha



Estava na casa de uma amiga de muitos anos, Renata, desabafando que estava estressada, que a tempos não saia com ninguém e essa vontade tava me deixando louca. Eu estava a mil, louca para ser enrabada bem gostoso por um homem e não por meus brinquedinhos que tenho em casa. Nisso ela me propõe uns dias em sua casa de campo em Serra Negra, para que eu descansasse um pouco. Eu aceitei apesar que não resolveria meu problema, mas pelo menos como era verão eu tomaria um sol na piscina e deixaria umas marquinhas gostosas. Quando ela me deu a chave me avisou que tinha um novo limpador de piscinas e jardim, um cara bonito que ela sabia ter um pau grande e talvez gostoso. Como você sabe disso? perguntei! Bonito porque eu vejo oras, ela respondeu e o pau dele eu cheguei a ver só não senti!. Como assim? perguntei Um dia saí da casa para fazer compras, chegando à cidade percebi que estava sem a carteira e voltei. Logo que abri o portão e entrei na sala ouvi gemidos. A porta do quarto do meu irmão, aliás tua amiga Jane, disse sorrindo, estava semi aberta e no cantinho fiquei olhando ele de calcinha de lado sendo comido pelo Gerson que é esse jardineiro. Então notei o tamanho do pau dele pois meu irmão dizia que era um pau gostoso e queria sempre dar pra ele.
Esse irmão dela e eu somos amigos (ou amigas depende da hora) também desde pequenos, inclusive já demos para os mesmos homens várias vezes e participamos de surubas juntas. Sei que assim como eu ela também gosta de ser bem puta.
Aquilo me deixou com esperanças, pois um homem, segundo ela, bonito e que come gay me interessou completamente, pois caçaria dentro de casa mesmo. Tirei uns dias no serviço, peguei o carro e fui. Dia de semana, viagem tranquila, alguns caminhões, mas nada ameaçador.
Cheguei quase a noitinha e quando entrei já notei que o Gerson tinha sido avisado, pois estava lá me esperando. Realmente um homem bonito, queimado de sol, e não muito alto. Fizemos as apresentações pedi licença e fui me trocar. Coloquei um shortinho jeans curtinho e justo aparecendo na frente os bolsos, rasteirinhas douradas e regatinha branca mostrando o umbigo. Conversamos um pouco, ele me disse ser divorciado, e que voltaria de manhã para limpar a piscina. Como eu disse que não iria levantar cedo pedi que viesse um pouco mais tarde. Acordei de manhã fiz meu café e o sol estava lindo e forte. Coloquei um biquininho fio dental verde limão e fui pegar minhas marquinhas. Soltei a parte de cima e deitei. Acho que adormeci. Acordei ouvindo o barulho dos equipamentos da piscina. Era o Gerson me perguntando se dormi bem. Levantei cobrindo meus peitinhos do tipo adolescente e respondi: Bom dia querido, dormi bem sim estou ótima, levantando e virando de costas para ele percebi que fixava o olhar em minha bunda. Ele me disse: A dona Renata, pediu que eu desse todo o apoio que o senhor,digo, senhora, precisar. Tá bom querido. vou tirar o suor e já volto. Nossa eu tava gritando por pau, mas queria manter a pose. Tomei uma ducha, recoloquei o biquininho, e uma saída de banho transparente por cima, e tamanquinhos de dedo. Sentei na sombra e fiquei admirada olhando aquele homem sem camisa, suado limpando a piscina. Resolvi convidá-lo para almoçar comigo, no que educadamente recusou dizendo que tinhas mais casas para visitar, mas se eu quisesse, poderíamos a noite dar uma volta pela cidade e jantarmos. Fiquei feliz com isso e ele percebeu. Como eu te chamo? perguntou ele! Carlinha respondi! Quando ele terminou o serviço eu estava sentada na sala de mini saia com as pernas cruzadas bem provocadora. Até a noite então? disse ele. Eu olhando em seus olhos respondi quase sussurrando: Te espero! Ele chegou por volta de 20:00 horas, bermuda de sarja e camisa aberta no peito e mocassins. Eu estava de vestidinho justo azul marinho, tanguinha preta, sandálias de tiras com salto 10, pra empinar o bumbum mais ainda. Me deu um beijo no rosto me elogiou e fomos jantar o que eu havia preparado. Como um cavalheiro puxou a cadeira para que eu sentasse. Jantamos sentamos um pouco na sala eu de frente para ele de pernas cruzadas, onde ele não desviava o olhar de minhas coxas. Vamos dar uma volta pela cidade? Vamos sim mas vc dirige. Dei minhas chaves para ele, ele abriu a porta para mim e entrei fazendo pose deixando minhas coxas de fora conforme sentei. Começamos a passear até que ele estacionou em umas rua que leva a um morro de disse: Essas suas pernas são lindas! Eu perguntei: Só as pernas? Ele respondeu: você todinha! e eu te quero! Olhei em seus olhos e fui chegando e oferecendo minha boca para ele que me beijou segurando minha cabeça. Nossas línguas se encontravam e nossas salivas se misturando me deixava com mais tezão ainda. Eu já com minha mão abrindo sua bermuda e liberando seu pau. Olhei para ele e murmurei: Nossa, como você é lindo! E suavemente abaixei a cabeça, beijei a pontinha sugando um gotinha que lá estava e deslizei minha boca em direção à base de seu pau. Comecei a chupar e lamber primeiro suavemente depois já desesperada de tezão. Ai Carlinha, como você chupa gostoso ele dizia! Assim vou gozar! Goza amor goza na boca da tua putinha vai,pedi! Quero sentir seu gosto, quero um pouco de você, vai goza, safado!. E ele com um dedo dentro co meu cuzinho foi gozando e eu engolindo, sentindo o sabor daquele macho. Nos acomodamos nos bancos do carro e pedi: Passa a noite comigo? Ele me dando um selinho disse: Claro que sim querida!
Voltamos para casa com ele dirigindo devagar e eu sentada de pernas cruzadas e como braço esquerdo no seu ombro, bem do seu ladinho. Chegamos pedi que esperasse na sala e fui até o quarto me trocar. Coloquei um baby doll rosinha transparente um fio dental pink e tamanquinhos. Apareci em sua frente e seus olhos brilharam. Sentei-me ao seu lado no sofá, colocando um braço em seu ombro e a outra mão em seu pau por cima da bermuda. Me beija, pedi! Veio um beijo suave mas cheio de tezão. Enquanto me beijava, puxava meu corpo para seu colo apertando meus peitinhos. Nesse instante tirou meu baby doll me deixando só de tanguinha e começou a chupar meu peitinhos. Eu gritava e rangia dos dentes: Que delícia, chupa meu peitos vai tezão. Peitinhos gostosos ele dizia. São seus respondi! Me tirou de seu colo e arrancou a bermuda ficando só de cueca. Sentei em seu colo de costas para ele e comecei a esfregar minha bundinha em seu pau: Ai como é gostoso, eu falava! To precisando muito do seu pau! quero ser sua! Me leva pra cama!. Me pegou pela mão me abraçou pela cintura e fomos caminhando para o quarto. Deitamos e arranquei sua cueca, Comecei a lamber aquele homem inteiro, lambi seu peito, suas axilas, lambi cada pé´cada dedo dos pés, coxas e virilhas. Dei um verdadeiro banho de gato nele, Seu cheiro, seu sabor eram deliciosos. Obvio que cheguei no seu pau, cheirei, lambi beijei e chupei. Chupando o pau olhava em seus olhos com cara de vagabunda e engolia mais ainda. Até que ele me pôs de bundinha empinada, arrancou minha tanguinha, e disse que pintinho pequeno! Abriu minha bunda e começou a lamber, eu gemia e pedia mais. Depois enfiou um dedo, tentando alargar o cuzinho, depois dois e até três. Eu já estava aberta pronta para ser devorada. Ele jogou gel dentro e falou agora você vai ser minha sua puta! É o que mais quero respondi!E pôs a cabecinha e foi devagar enfiando o resto fazendo com que eu gemesse a cada centímetro que entrava em mim. Começou a por e tirar, tirar e por e eu ficando cada vez mais louca com isso. Tá gostoso puta? por isso tá gemendo vagabunda? Tá delicioso Gerson, sou tua puta, me fode, me rasga vai! Me virou, me colocando de frango assado, e abracei seu pescoço e enlacei sua cintura com minhas pernas ficando toda abertinha.
E ele socando ordenava: Fala o que você ta fazendo: To dando meu cúzinho amor . Pra quem? fala cadela. Pra você, meu garanhão pauzudo gostoso. E o que você tem no cú? Um pau,teu pau,pau do meu macho ! Os movimentos aumentando e fomos chegando ao orgasmo eu já doida de tezão tremendo inteira pedia ; Ai amor! goza dentro, fode toda tua puta vai! Me engravida. E senti aquele jato quentinho bem no fundo acompanhado gritos do macho e meus, sentindo seu corpo desabar em cima de mim. Pegamos no sono abraçadinhos e acordamos no meio da noite e fomos ao banho. No box eu olhava em seus olhos e sorria para ele ensaboando seu caralho delicioso. Quero mais falei, me abaixando e novamente chupando seu pau. Foi endurecendo dentro da minha boca e ele pediu quero te comer de novo! E novamente fomos para o quarto , onde desta vez pedi que ele se sentasse numa cadeira e fui por cima de frente para ele guiando seu pau em direção ao meu buraquinho já lubrificado. Fui sentando, o pau entrando e eu gemendo: Como é bom!!!Larguei meu corpo entrando tudinho. Dei um gemido alto e abraçada ao seu pescoço ofereci minha boca. Eu estava com um pau atolado no cuzinho, beijando uma boca deliciosa. E tendo os peitinhos acariciados e apertados O que eu poderia querer mais naquele momento? Meu lado feminino estava conquistado completamente. Tanto que olhei em seus olhos e antes de gozar novamente em mim disse a ele: TE amo meu tezão!
Fiquei uma semana sendo comida por ele, doutras vezes ele me enfiava um consolo enquanto eu chupava seu pau. Fui muito puta para ele mas foi delicioso.
Na hora da despedida, pedi que fosse me visitar em São Paulo, Ele disse ser difícil pois ganhava por dia, eu propus que ele pedisse folga e eu daria esse dinheiro a ele.
Até que um dia ele veio me visitar e a Jane, irmão da Renata também participou, sendo nós duas muito bem fodidas por ele.   

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario anacd

anacd Comentou em 09/02/2015

Amei seu conto. Quero uma semana dessas também, que sonho.

foto perfil usuario anacd

anacd Comentou em 09/02/2015

Amei seu conto. Quero uma semana dessas também, que sonho.

foto perfil usuario anacd

anacd Comentou em 09/02/2015

Amei seu conto. Quero uma semana dessas também, que sonho.

foto perfil usuario ursopeludosorocaba

ursopeludosorocaba Comentou em 05/02/2015

Delícia...adorei.....muito tesudo esse seu macho...bjs

foto perfil usuario olavandre53

olavandre53 Comentou em 05/02/2015

Parabéns minha linda. Adorei seu conto e votei. Lerei os outros. Estou de pau duro

foto perfil usuario gugu7l

gugu7l Comentou em 05/02/2015

conto delicioso, faltou fotinhas dessas marquinhas gostosas, mas seu conto me deixou com o pau todo melado, delicioso, o Gerson teve muita sorte em ter uma putinha sedenta por rola como vc, votado...




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


33518 - Ja era cd sem conhecer a palavra - Categoria: Gays - Votos: 8
33622 - Eu sou assim... - Categoria: Gays - Votos: 5
33825 - um caso que me marcou - Categoria: Gays - Votos: 5
34204 - Outro amor - Categoria: Gays - Votos: 5
35601 - Tezão e amor - Categoria: Gays - Votos: 1
35887 - Aguardada festa - Categoria: Gays - Votos: 5
36894 - Como é bom ser passivo para um homem!! - Categoria: Gays - Votos: 5
38753 - Coleguinha de escola - Categoria: Gays - Votos: 3
60956 - Carnaval quente e gostoso - Categoria: Gays - Votos: 3

Ficha do conto

Foto Perfil carlovera
carlovera

Nome do conto:
Recordações de uma cdzinha

Codigo do conto:
60194

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
05/02/2015

Quant.de Votos:
5

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto erotico corno mansoContos eroticos com gays e travestis negros dotadosWww.conto eroticomorena no tremcontos eróticos com fotos em quadrinhos Estagiáriacontos eroticos com fotos de dentistas com fotosneta dando pro vovoconto ericocontos erotico gay na liga da justiçavirandoputinhacontostia flagrou o pintao do sobrinho e regalou o olho porno.sam tres espias demais nuachupando a buceta da esposa do meu irmao contoscontos eróticos com marido bêbado e desconcentração bem dotadoconto minha mae me iniciou no lesbianismocontos eroticos chantagemtravestis pag17ultimos contos sadosiririca para o filho contoconto erotico de meninos de 08 anosfran zoofiliaconto erotico gay baixinhocontos eroticos mostrei minha bucetinha e meus primos piraramvídeo pornô de cachorroconto erotico "mudei de sexo"contos eroticos minha mulher fode com um jogadorcontos eroticos dando em baixo do chuveirotrepando conto eroticovideos gerente de super mercado pauzudo rasga o cu do funcionarioutimoscontosutimoscontosConto erotico minhas irmas llllpadrasto a proveita a donselinha dormindo a mulhe a vai desvirginar a entiadacontos eroticos de cunhada fudendo com o tioboquete "veias salientes" contoscontos gays o andarilho[email protected]pornocantoseróticosconto com foto amadora corno esposa enteada incestose eu fudsse hoje eu gozavaconto incesto ajudandoconto erotico gay meu goleiro cap1Contos ninfas no boquete e punhetacontos de desmaiei com a pica grande rasgando o meu cuzinhoporno de gey com negros de pai filhoconto erotico exibindocontocornocasaesposa vagabunda maridocontos com fotoscfm casadascontos com fotoscfm de casadas bucetudasConto erotico meti e gozeicontos eroticos mangar insestos em festaContos ela me fez provar porracontos amadores negros patrãocontos eroticos d pai ou irmao vendo a filha ou a irmao transando com o namoradoenfermeiro abusou gay contoconto erotico esposa na festacontos eróticos eu e minha esposa trancamos com travestisfartei me de ser traído pelo meu marido, comecei a lhe trair conto eróticoConto erotico de viuva evangelica.Fotos de travesti querendo amante para fudelastroca de casal contosconto erotico deixei a crente arrombadaConto meti meu pau de.28cm. No cu da maninhacontos eróticos gay babão contos eroticos fudi tanto a buceta da esposa do meu irmao que ela engravidoupunhetando o pau conto eroticoconto erotico dando para senhorcontos de zoofilia. de uma engenheiraconto sexo na entrevistautimoscontosquadrinho erotico copiei o papaicontos eroticos de cornosincesto meu pai comeu meu cuzinho quando cheguei do carnaval de chortinhoconto entreguei minha mulher pro garotaoo sogro tarado 4conto erotico em quadrinho a esposaeu com 18 anos de idade eu era virgem da minha buceta e virgem do meu cu meu irmão lindo ele tem 22 anos de idade eu sempre eu brechava meu irmão ele fundendo suas namoradas no seu quarto no final de semana meus pais eles viajaram eu fiquei sozinha em casa com meu irmão eu raspei minha buceta virgem a noite eu so de babydool eu entrei no quarto dele eu deitei na sua cama do seu lado eu disse pra ele eu quero perder minha virgindade da minha buceta com você ele me deu um beijo na minha boca eu tirei meu babydool ele chupou meu peito ele disse pra mim sua buceta virgem raspadinha e linda ele começou a chupar minha buceta virgem eu gozei na boca dele ele disse pra mim pra eu chupar seu pau eu comecei a chupar seu pau ele foi metendo seu pau na minha buceta virgem ele começou a fuder minha buceta eu gozei eu disse pra ele eu quero dar meu cu virgem pra você conto eróticocontos roludos trepadoresBucetao da gostosas amadora de shortinhovideo real irma com peitinho rosadinho depois que irmao mais velho busca ela na balada xxxenteadacontoerotico.com.brpau e xana peludos contos eróticoscontos de crentes caretesfilho fazendo massagem-contoconto erotico troca trocaconto erotico mulher do meu sonho seios ggcontos buceta da primaconto erotico gay meu sobrinho me fodeu no hotelContos eroticos de cuidador de idosoconto erotico carapocuibaConto erotico erotico. sou escrava do meu filho