Uma dia com Patricia



Olá pessoal, meu nome é Camila, para quem não me conhece tenho 24 anos, e peço para que leiam meu conto anterior O Inicio de um desejo infinito, nele contei a vocês a primeira vez que senti desejo, dali para frente, me masturbar se tornou frequente, eu passei a me exitar por qualquer coisa, já não me sentia mais deslocada entre o grupo de meninas da vizinhança, todas com muito fogo, como sempre fui magrinha, despertava o desejo dos meninos, mas até então não sabia disso, eles eram também muito bobos e não admitiam o que fez com que eu demorasse para descobrir de que tava me tornando um mulherão como eles dizem hoje em dia, o que vou contar hoje aconteceu comigo e minha vizinha Patrícia, depois de sentir um tesão pelo meu pai e gozar com o chuveirinho, passei a me interessar pelos meninos da rua,e comecei a fazer mais amizade com Patricia, a vizinha mais velha entre nós, pois ela já tinha corpo formado e já namorava, Nícolas era o nome dele, menino forte que vivia jogando bola com os demais, se destacava por ter um corpo mais definido que o resto, um dia estávamos conversando eu e Patrícia no portão sobre os meninos dizendo quem era mais bonito, e quem parecia ser mais romântico, ela me perguntava se queria namorar alguém, eu tinha muito fogo mas não queria namorar ninguém, queria provar um por um dos meninos, mas para ela eu dizia apenas que não queria ninguém, ela me olhou diferente e disse, eu sei qual seu problema, vamos assistir um filme amanhã só nos duas, meus pais vão para a xácara ver como estão as obras por la, e nos podemos ficar em casa assistindo filmes, eu já tinha muito fogo, mas ainda era inocente, e disse que tudo bem, continuamos a conversar, e a brincar com as outras meninas na rua, brincávamos de brincadeiras bobas que toda criança do interior brinca, amarelinha, pula corda, as vezes nos misturávamos entre os meninos e jogávamos taco, volei meninos contra meninas, e foi jogando volei que comecei a perceber um comportamento estranho por parte da Patricia, ela me olhava demais, e sempre dava um jeito de me agarrar, coria e se abraçava em min, no termino do dia, indo para casa ela me disse, você vai adorar amanha, fiquei ansiosa, passei a noite inteira pensando como seria, comecei a maliciar um pouco pensando que talvez me mostraria videos pornos que seu namorado gosta, ou até mesmo chamar ele para me beija, estava maluca, porque Patricia era bem ciumenta, no dia seguinte, logo pela manha fui a casa dela, ela estava ainda de camisola, mas já estava de pé, lembro de ter percebido que o peitos dela estavam acessos mas não dei importância, fizemos pipoca, e ela me chamou para o quarto dela, onde assistiríamos ao filme, Patricia se jogou na cama,e notei que não tinha lugar para eu me sentar, antes de eu perguntar, ela me disse "Oque esta olhando, pula aqui comigo", nem pensei me joguei na cama, caindo até em cima dela, que começou a me fazer cocegas, eu sou muito exagerada quando me fazem cocegas, então comece a pular e empurrar ela, foi quando sem querer levantei sua camisola, e vi uma calcinha minuscula , apenas um pequeno triangulo escondendo sua xana, e sem nenhum pelinho, levei um susto na hora e disse "Nossa, que calcinha é essa?" ela se levantou e respondeu "não é bonita, meu namorado sempre fica louco quando estou com ela" levantou a camisola e deu uma voltinha para que eu visse sua bunda que era grande, bem redonda, bonitinha, e mais um triangulo pequeninho atrás, o resto tudo dentro da sua bundona, escondendo tudo, na hora fiquei sem jeito e até comecei a ficar com calor, confesso que já sabia oque era mas não quis admitir isso para min mesma na hora, então ela me disse, "sempre coloco ela quando quero provocar alguém", devo ter ficado vermelha, porque ela me olhou e um pouco constrangida disse "bem vamos ao filme", eu não estava dando a minima importância para o filme, ainda estava com o namorado dela na cabeça, loca, jamais ela faria algo assim, mas com tesão de ter visto ela de calcinha, comecei a pensar nos meninos da rua, imaginar um ou dois deles com agente, o filme era romântico, quando o casal no filme deu seu primeiro beijo, Patricia me perguntou, se acontecesse com você, quem você queria beijar, eu disse de imediato, Nícolas e fiquei com cara de susto por ter dito isso, ela gritou na hora, "sua filha da puta, meu namorado não", entendendo de que foi uma brincadeira, eu então pensei em um nome rápido e disse, Carlos, ela ficou quieta e disse, você não acha que o Carlos é muito feminino, acho que ele não gosta de mulher, retruquei dizendo que já havia visto ele me olhar,e então me perguntou logo em seguida, "você namoraria uma menina?", eu assustada perguntei, "porque você acha isso?", ela me disse, "bem, você gosta do Carlos né", eu não gostava do Carlos mas era quem estava mais perto de min, eu via maior possibilidade de rolar algo, fiquei quieta somente,ela me disse, tive uma ideia, e correu para fora do quarto, voltou com mais filmes na mão, vamos ver estes daqui, olhei para os filmes e eram todos pornos, "são do meu pai" ela me disse, vamos ver este daqui e escolheu um, fiquei sentada na cama, e ela se jogou deitada na cama, era a estoria de um patrão que vivia assediando sua secretaria até que finalmente ela liberou geral, felizmente, a uma semana atrás minha mãe já havia me explicado tudo sobre sexo, e até alugou um filme para min, já que estava crescida, e precisava saber mais sobre isso, se não estaria perdida naquele momento, não demorou muito e eu tava muito exitada, tava conseguindo disfarçar, pois estava vestida comportada de calça moletom, e um camisa larguinha, o problema é que na pressa de visitar Patricia, eu nem havia colocado sutiã e meus peitos me denunciavam, sorte eu estava de costas para Patricia, foi quando senti a cama tremer,olhei para traz e vi Patricia tentando colocar o travesseiro no meio das pernas, perguntei o que esta fazendo, ela toda travessa me perguntou, "oque você acha", eu fiquei em silencio e pensei de nunca tinha me masturbado com o travesseiro, ela vendo que fiquei quieta disse, vem cá me mostra como você faz, fiquei vermelha novamente, , ela insistiu vem cá, me sentei mais próximo dela, me encostando na cabeceira coloquei a mão dentro da minha calça e comecei a me tocar, sem que ela pudesse ver nada, ela imediatamente gritou, assim não, “é sem graça”, pensei estar fazendo algo de errado, ela ficou de pé na cama, se agachou novamente ficando de 4 e disse, tira essa calça deixa eu ver, eu tava com tanto tesão que nem liguei, levantei meu corpo , ela puxou minha calça para baixo junto com minha calcinha shortinho preta, assim esta bem melhor disse ela, a própria situação me exitava muito, coloquei minha mão na minha xana e comecei a esfregar ela devagar, e a gemer baixinho, ela ficou de pé na cama, e tirou a camisola com tudo, e disse eu também quero, faz em min, e sentou encostada na cabeceira também, abriu as pernas, sem nem pensar passei a mão por cima daquela calcinha minuscula, seu seios tinham tamanho médios, eram do tamanho dos meus, estavam eriçados, puxei a mão dela e coloquei na minha, ela fazia igual eu fazia nela, fechei minhas pernas prendendo a mão dela e comecei a rebola, ela puxou sua calcinha de lado e eu comecei a dedilhar seu clitores, sua xana era pequena, menor que a minha, com o lábios bem cerrados fechadinhos, mas com um clitores grande, que ia até um pouco para fora da xana, molhei meus dedos na boca e mexi nele, ela gritou e gozou, eu rebolei mais forte e gozei junto, rimos muito, ela disse quero repetir mais vezes, eu apenas sorri, ela então completou mas vamos ver nossos filmes primeiro, meus pais vão desconfiar, ela guardou os dvds, e assistimos mais um filme, durante ele acabamos nos beijando , mas não houve nada demais…

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario marcoza

marcoza Comentou em 26/09/2014

Muito bom e gostoso de ler o seu relato,espero que você escreva outros nos contando as suas novas aventuras.

foto perfil usuario paulojk

paulojk Comentou em 25/09/2014

Adorei seu conto muito excitante mesmo .votado

foto perfil usuario bobchapeco

bobchapeco Comentou em 25/09/2014

linda historia delicia

foto perfil usuario

Comentou em 24/09/2014

Delícia de conto,delícia de menina, precisa nos contar o que veio depois desse encontro. Beijos,

foto perfil usuario vocepede

vocepede Comentou em 24/09/2014

Linda Ktia! Delícia de conto! Continue com seus contos! Parabéns! Mas continue, depois melhoraram a aproximação? Beijos! Tem meu Voto!

foto perfil usuario Soninha88

Soninha88 Comentou em 24/09/2014

super excitante seu conto, queria estar junto com vocês duas, delícia de conto e muito bem escrito, fiquei molhadinha, adorei e votei...bjs




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil menina2
menina2

Nome do conto:
Uma dia com Patricia

Codigo do conto:
53880

Categoria:
Lésbicas

Data da Publicação:
24/09/2014

Quant.de Votos:
18

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto erotico do vendedor de rua e o gaycontos com fotoscfm casadasConto erotico de cavalotraicao nora e sogro conto eroticotransei com meu cao pirocudo mulheres casadas eem contosvariedades de conto quadrinho nacional corno manso pornôporno conto erotico esposa bondosa e os negroscontod eroticos pai mamae nim cumeucontos eróticos minha cunhada medrosaContos eroticos incesto apos a lua de melketmarinacontos eroticos de 2017 Mae meu filho roludocontoseroticosdpvaginalquadrinhos+eróticos+ay+papiminha vizinha safada casada heleniceIncesto com a filha no onibus sarrando nela quadrinhostodas degosinha dormindo so de calcinhafiquei maluca quando vi que meu cunhado era pirocudo,contos e relatos eroticosCasada leva marido bebado e o sogro fode a gostosa contocontos eróticos gays transporte públicopapi comendo miha espozinha.contocontoerotico safadacontos de encoxadas nos ônibus em fortalezacontos com fotos bem novinha os amigos do papai me foderaoeu vir um cara estrupado uma,menina conto eu roticosotao conto heterocontos erotico puta gosta de piça ggconto erotico gosto de ser dominadora novinhoconto erotico virei uma linda mulhercontos eroticos transando com esposa e sendo brechadona lua de mel outro engravidou ela me fazendo cornoconto erotico fui da faxina ele me comeucontos eu e meu sogro estupramo minha mulher gravidacontos com fotos anal psi pirocudo e filhanovinha dormino de bedooycontos sexo minha mãe grávida de quem?contos eroticos comporteiroso pau do meu irmao contosdei o.meu. cu. pra. um. ponei. gozar dentroO patrao do meu irmao me fudeu no motel conto eroticoqradrinhos incesto cuzao da filhinha buracaocontos porno maes putas de filhos roludos com novinhoszoofilia brincando de chapeuzinho vermelhoSO IRMA NEGRA DE MINI VESTIDO EM VIDEO PORNO GRATIS DEITADA COM O IRMAO NA MESMA CAMAsurfista tarado pega boy gay contovideos de corno na vila mimosa e outros puteiros e contos com fotoConto erotico burro comendo novinhaContos eroticos madrasta viranfo submissa fo enteadovideo escorregou e tro errado pornoporinga paoultimos contos sadoMinha primeira traição conto eroticocontos com fotoscfm casadasimagens porno istorias em quadrinhocontos eróticos gay no dia que comi o cara cheio de marraeu comi a bucetinha cheirosa da minha maeContos.eroticos.minha.madrasta.bucetuda.e.peituda.dor.mindo.bebada.contos gay ursinho perdendo a virgindade com ursãocknto mastro pica jeba jegue rola cobra arrombar caralho cuzinhoconto erotico em taubateporno quadrinho professora maefotos esposa putaquadrinhos eroticos de pancontoseroticos chantageando a vovoContoeroticoescravagravidabatendo punheta de chinelo contosContos eroticos cheirando calcinhas no banheiro da lojaconto erótico esposa engrávida depois de um estuprocontos eroticos norawww conto engravidei a mulre do meu amigo[email protected]Porno de irma voila irmao se pensar de problemaquadrinho porno sedutora bundaocomi minha enteada contome comeram na festaconto vibradorConto Sogra bunduda levando tapas no bundãocontos me assustei na praia de nudismo