grandes essencias em pequenos frascos 3



bom vamos aos fatos, coloquei o gps pra pirauba e viajamos por 2 horas depois saimos da estrada e pegamos uma de barro com muita poeira meu carro ficou de outra cor de verde metalico ficou vermelho de poeira, com os vidros fechados por conta do ar condicionado fui sendo guiado por miudas que alegre brincava o tempo todo chegou a me pagar um boquete no carro durante a viagem, mais quando tavamos chegando, ela me pediu pra dizer que era patrão dela e que ela trabalhava como jovem aprendiz na minha empresa aceitei pois eu ja estava preocupado como me apresentar aos pais dela ela falou que durante o tempo que eu ficar la não podia seguer mencionar, a vida dela no rio concordei com a cabeça,ela falou ve estas terras são todas de minha mãe por herança de meu avo que morreu, era terra pra burro mais bastante maltratada falei e seu pai miuda ela fechou a cara e não me respondeu nada fiquei calado logo ela falou veja minha casa e la esta minha irmã mais nova era uma menina pouco mais nova que miuda talveis uns 2 anos menos. parei o carro na entrada da porta a menina gritava mãe tem um carro parado aqui em frente de casa!! miuda morria de rir do espanto da irmã abri a janela e ela com os olhos arregalados gritou maaeeee, é a miuda mãeee, ouvi uma vos brava dizer, menina que diabos esta dizendo eu emmm e saiu correndo de dentro de casa o que vi fez meu queixo cair, uma mulher de porte pequeno meio magra olhos incrivelmente verdes acentados em um rosto quase negro com um cabelo meio louro amarrado com rabo de cavalo e que ia até sua bunda arrebitada que por sinal era bem bonita uma mulher de botar qualquer manequim no bolso. miuda abriu a porta e saiu correndo pros braços da mãe chorando cupiosamente abraçados as tres riam e choravam ao mesmo tempo,sai do carro tava um calor infernal fui pra debaixo da sombra de uma mangueira no quintal e me sentei num banco de madeira fixo no chão mais era legal, depois de tudo fui apresentado a lia vou chama-la assim ela apertou minha mão meio acanhada e disse seje bem vindo a minha humilde casa doutor, puxei ela até perto do meu rosto e dei um beijo em seu rosto que com certeza com o jeito do olhar dela ficou envergonhada com meu beijo pra descontrair beijei tambem sua irmã que vou chama-la de bia ok,, bia sorriu e disse nossa o dr; e educado fino não e atoa que patrão de minha irmã, e saiu correndo lia me chamou pra dentro de casa, dizendo que estava mais frescos dentro de casa, e era verdade la dentro fiquei bem mais a vontade, falei lia ela me olhou fixando o olhar nos meus e disse sim dr;po po posso tirar a camisa voce se importa ela falou fique a vontade a casa e sua ok tirei a camisa que fui sequido com seus olhos eu tenho musculatura bem feita não sou musculoso mais malho de vez em quanto por isso sou bem sarado,barriga lisa senti que ela engoliu em seco quando viu minha barriga com poucos pelos, fingi que não vi mais gostei do resultado, em poucas palavras fiquei sabendo porque miuda tinha fugido de casa o filha da puta do pai estuprou ela e depois ameaçou a contar pra todo mundo, miuda fugiu deixando uma carta contando tudo pra mãe que meteu o pé na bunda dele e so não mandou prende-lo porque ele jurou desaparecer pra sempre da cidade eles não eram casados no papel mesmo assim disse que ele teria que pagar pensão, pras meninas ela disse de cara feia não quero nada daquele traste to muito bem assim fiz sinal de calma e falei como voce sustenta a casa lia,? ela falou das coisas que vende do sitio dava pra viver mais ao menos mais não vai ser por muito tempo disse triste perguntei porque ela disse vou perder o sitio pro banco aquele bandido do meu ex;pegou 20.000.000 de emprestimo no banco pra poder comprar semente mais ele sumiu com o dinheiro e agora o banco quer receber e eu não tenho como pagar enguanto conversamos fez café tomei enquanto me ocorria algumas ideias anoiteceu, convidei bia pra jantar comigo e as meninas na cidade,ela disse não ter roupas apropriadas para esse tipo de evento falei que se ela não se ofendesse antes poderiamos, fazer umas compras e eu ficaria muito feliz em dar a ela um presente ela sorriu e disse que é isso dr; o senhor me conheceu hoje e ja quer me dar presentes, fiquei sem graça e disse poxa não fique zangada só quis te agradar pois miuda e minha funcionaria, e eu pensei apenas em fazer um agrado pra familia dela ok mediante meu argumento e os apelos de miuda e bia, ela aceitou, entramos no carro fiz questão de lia ir na frente comigo e botei as duas sapecas no banco de trais fomos a um shopping aonde lia comprou calça comprida que ficou apertada mostrando seus contornos sensuais me fazendo ficar exitado com a sena instiquei e compramos uma porção de roupas pras tres, estavam feitos crianças mais alegres que pinto no lixo dava gosto de ver,paguei tudo fomos a praça de alimentação aonde as meninas não se fizeram de rogadas comeram que pensei que ia passar mal lia estava que não sabia o que dizer so falava perdoa dr;essas meninas sao umas esganadas sorri e disse coma voce tambem lia não se envergonhe pode comer o que quizer e a vontade ela disse mais vai ficar uma fortuna,miuda rindo disse que nada mãe ele tem dinheiro as pampas isso pra ele é nada. ela deu um tapa carinhoso na mão dela dizendo menina a onde ta a educação que ti dei caiu debaixo da mesa é, desculpa mãe desculpa rindo falei não se preocupem voces são minhas convidadas comam o que quizerem ok sendo assim começamos a comer e ficamos mais intimos nas brincadeiras, as vezes meus olhos cruzavam com de bia aqueles olhos verdes me deixavam louco me dava vontade de beijar morder aqueles labios carnudos, eu estava me apaixonando pela aquela mulher levei-as pra casa depois fui pra um hotel aonde passei a noite pensando numa coisa que me deu na telha no dia sequinte rumei pra casa de bia cumprimentei com um beijo no rosto agora sendo conrespondido falei que precisava comverssar com ela sos ela franziu o senho preocupada disse fique calma só quero te ajudar fomos pra dentro de casa, perguntei se ela sabia se tinha algum sitio pra vender proximo ao sitio ela disse uai esse sitio que faiz rumo com o meu ta pra vender mais e terra a dar cum pau tem pelo menos 13 algueires de terra falei um uma mini fazenda quantos alqueires tem o teu ela falou 8 alqueires pensei vamos la no vizinho comigo lia falei decidido, ela falou vamos uai me apresentando ao proprietario do sitio ao lado ele falou o valor que queria fiz uma comtra proposta que foi aceita de imediato, fechei negocio fomos ao banco, depositei o dinheiro vivo na conta do ex. dono e falei agora voce lia quanto quer no sitio ela falou aii eu não queria vender mais diante das circustancia não tem jeito né falei ta chamei o gerente que so faltou me dar a bunda tamanha era a cortezia pois viu que eu tinha dinheiro, dinha pago uma quantia vultuosa a poucos estantes pois não dr;quanto e que lia deve pra voces ele falou pra pagar em quantas vezes dr; puto da vida falei porra a vista cara fez as contas disse 26.800.00 mil reais fiz um cheque paquei peguei o recibo e entreguei pra lia e perguntei quanto quer no sitio lia ela falou bem tirando a divida vou querer ... fiz outro cheque no valor total incluindo o emprestimo ela falou não tira o emprestimo falei o emprestimo é um presente pra voce e suas filhas fomos pro cartorio vou escriturar tudo ok fiz tudo depois falei lia eu não quero te tirar do que e teu mais tinha que me repaldar que nenhum vagabumdo vai te roubar novamente agora as terras são minhas e so eu e voce pode mecher com ela quer trabalhar pra mim ela falou como? bem vamos almoçar e comverssamos falei voce vai ser minha adiministradora vai contratar funcionarios pra mim e eu te darei um bom salario por isso e vou mandar derrubar sua casa e contruir uma nova com tudo que voce e as meninas merecem ela começou a chorar eu no querendo consolar a abraçei seus cabelos roçaram no meu rosto como uma caricia apertei seu corpo ao meu dizendo poxa era pra tu ficar feliz oa ivez disso voce chora ela fixou seu olhar no meu fiquei pequititinho diante daquele olhar seus labios estavam muito proximos dos meus e eu ja não aquentava mais segurei sua nuca e puxeia pra mim, senti seu halito morno proximo aos meus labios e soquei o maior beijo nela usei toda tatica que eu tinha naquele beijo ele se entregou languidamente aos meus afagos saimos do restaurante sem dizer nada no caminho parei emfrente ao motel e disse continuo ou paro aquiela falou baixando a cabeça continua, entrei fomos pra suite beijei-a apertei-a em meus braços começei soltando seus cabelos fiquei louco com a visão daquela cascata negra com tons dourados, tirei seu top mostrando um pequeno sutien seus seios era diminutos parecia de uma menina tireios pra fora e suguei os dois demoradamente baixei suas calças estava de calcinha azul de rendinha tipo fio dental arranquei com os dentes meti a cara no meio de suas pernas ainda em pé me deparei com uma bucetinha raspada paquenina parecia bucetinha de criança não aparecia o grelo só aquela rachinha pequena inchadinha, meti a lingua ela abriu as pernas gemendo e segurando minha cabeça agora sabia a quem miuda havia puxado que fogo tinha aquela mulher joquei ela na cama e tirei minha roupa bem devagar quando meu pau pulou pra fora da cueca seu olhos verdes se arregalaram poxa tu parece um jeque homem, que troço grande e esse, falou assustada, acabei de tirar e me deitei ao lado dela beijei ela de novo ela ficou quieta esperando meu proximo passo me deitei sobre sei tão cobiçado corpo me deleitei com seu calor beijei encaminhei o bruto pra entrada mesmo por que eu ja tava gozando tamanha era minha vontade de ter aquele corpo delicioso sem estrias apenas um moreno escuro liso duro gostoso de laber beijar esfreguei a cabeça da pica na entrada e coloquei a ponta ela gemeu tremendo entrei sem aviso previo ela deu um grito baixo abafado e disse porra essa pica e grande demais, mais ta gostoso, empurra vai, empurrei comecei a socar dentro ela me arranhava e me engulia com gosto a cada metida ela me beijava me chamava de gostoso pirocudo jegue derrepente parou e disse soca agora e fundo vou gozarr aiiiiiiii soca jegue gosto aiiii soca beijei soguei rapido e jorrei dentro dela um monte de porra fiquei parado dentro dela endureci de novo comecei a mexer ela gemia e dizia ai to gozando de novo nunca gozei antes que delicia voce é que é homem di verdade aiiiiii me mata de pica quero morrerrr aiiiii mais mais ela gozou eu tirei de dentro e pretiei seu cú ela disse rindo so quero ver se isso entra na porta de tras, entra não!!! pode tentar disse confiante do meu fracasso, cuspi na mão varias vezes pra lubrificar bem depois ela estava de bruços eu beijei sua bunda linda de morrer disfarçadamente cuspi em seu cuzinho pequei o bitelo duro de doer e coroei na entrada pensei se sua filha perdeu as pregas pra ele!!! ti prepara pois vai dançar as pregas desse cu agora e empurrei a ela pulou eu segurei e entrei era aii aii aii direto e eu socando ate o saco ela dizia porra como tu fez isso aiii ta doendo me arronbou desgrasado, aii porra como arde vou cagar sangue direto agora e se prostou eu amaciei o bicho indo e vindo como se fosse um amortecedor ela gemia baixinho agora segurei sua cintura por baixo e meti o dedo na bucetinha dela tocando uma siritica enguanto me deliciava com aquele cú apertado, ela começou a gemer mais alto eu ja não me aguentava mais falei porra lia que cú delicioso vou gozar ela disse pera por mim aiii soca fundo vou tambem ela molhou meus dedos e eu encharguei seu cú com minha porra foi sem duvida nenhuma a melhor foda da minha vida estava feliz beijava lia direto ela parecia preocupada perguntei se ela estava arrependida ela disse não é isso agora voce vai embora e eu como vou ficar! to gostando de voce. gostei do que ouvi e perguntei quer namorar comigo a resposta foi um beijo longo delicioso e uma chupada no pau de tirar o folego. voltamos pra casa e lia foi logo contando que estavamos namorando miuda fez uma cara esquisita mais me beijou me dando os parabens disse baixinho agora voce é meu padrasto, e me deu dois tapinhas no rosto e saiu rebolando, sorri bia por sua vez pulou no meu pescoso falando eu vou poder ir pro rio contigo não vou?concordei com a cabeça ja sabendo que aquela menina poderia ser a proxima da lista e eu estava realmente gostando de lia do sitio de lia transformei em granja fiz contrato com duas grandes abatedouros montei tendas com grandes ventiladores etc... do sitio do lado envesti em gado de corte e leite o lugro pra quem investe bem não é ruim e eu gostei do resultado..eu e lia somos felizes quando tenho que ir pra empresa no rio fico as vezes 15 dia em minas e 15 dia no rio miuda se engraçou com um rapais de pirauba me pediu pra contratalo eu falei com lia ela disse que ela queria morar com ela o que eu achava falei se pra ela tudo bem pra mim ok miuda ficou tão feliz eu estava no estabulo ela veio e falou voce é um cara legal vou te fazer uma promeça a minha bucetinha é do meu marido mais meu cuzinho é seu pra sempre olhei pros lados arrastei ela encostei na parede e comi sua buceta enchi ela de porra e disse então essa e minha despedida dessa bucetinha e seu cuzinho como depois. falei sorrindo e me beijou e se foi me reconpuz e voltei pra casa lia me esperava perfumada linda num babydool deslunbrante cai matando fudi ate ficar fraco das pernas,quando sai pra tomar banho. bia estava na sala me olhando esquisito passei correndo ela se levantou e ficou olhando de longe tirei o roupão e mostrei minha geba disfarçadamente ela botou a mão na boca e saiu correndo depois daquele dia de vez em guanto eu comia o cú de miuda e acabei descobrindo, que a nossa foda no estabulo tinha engravidado miuda que pra minha surpresa lia tambem me confessou estar gravida, fiquei confuso feliz preocupado mais miuda me tranquilizou dizendo em particular é claro que havio dito pro namorado que tinha engravidado dele e me confessou que o pau dele nem chegava perto do tamanho do meu que di vez enquanto eu teria que matar a saudades dela, fiquei feliz agora eu ia ter duas mulher e dois filhos em ultima estancia to fudido .. mais se pensa que parou ai espere e vera amigos...

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario neygostosa

neygostosa Comentou em 11/01/2014

uauuuuu....tô amando a história...votado

foto perfil usuario marujogja

marujogja Comentou em 25/12/2013

Belo gesto... tô gostando da história




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


15437 - sou quem sou e dai como mesmo! - Categoria: Virgens - Votos: 9
15520 - feliz no jogo come quem é mais esperto! - Categoria: Virgens - Votos: 6
15557 - feliz no jogo come quem é mais esperto! 2 - Categoria: Virgens - Votos: 6
16669 - surpresas da vida. - Categoria: Incesto - Votos: 6
16698 - surpresa da vida 2 - Categoria: Incesto - Votos: 7
16742 - minha avó manda bem pacas.. - Categoria: Incesto - Votos: 10
17099 - curiosidade matou caim... - Categoria: Zoofilia - Votos: 4
17100 - minha cunhada realizou meu sonho.. - Categoria: Incesto - Votos: 7
21637 - meche com quem ta quieto!!!!! - Categoria: Incesto - Votos: 8
21703 - meche com ta quieto !!! (a continuação) - Categoria: Incesto - Votos: 7
26561 - ser feliz isso é.... - Categoria: Incesto - Votos: 12
26717 - ser feliz é 2 - Categoria: Incesto - Votos: 14
38651 - comer ou nao comer eis a questão.... - Categoria: Incesto - Votos: 10
39422 - comer ou não comer continuação - Categoria: Virgens - Votos: 7
39564 - grandes essencias em peguenos frascos - Categoria: Virgens - Votos: 8
39942 - grandes essencias em pequenos frascos (2) - Categoria: Incesto - Votos: 9
40258 - grandes essencias em pequenos frascos 4 - Categoria: Virgens - Votos: 6
40894 - o presente dessa vez foi do papai noel.. - Categoria: Virgens - Votos: 3
41178 - o presente dessa vez foi do papai noel (cont) - Categoria: Virgens - Votos: 2
41795 - sentidos apurados - Categoria: Incesto - Votos: 10
42147 - sentidos apurados a continuação - Categoria: Incesto - Votos: 7
43309 - bizo 1 - Categoria: Incesto - Votos: 5
45615 - bizo a continuaçao - Categoria: Incesto - Votos: 7
74139 - concordancias - Categoria: Incesto - Votos: 8
75182 - Foi maravilhoso - Categoria: Incesto - Votos: 12
81256 - e de pequeno que se começa. - Categoria: Interrraciais - Votos: 4

Ficha do conto

Foto Perfil lunocu
lunocu

Nome do conto:
grandes essencias em pequenos frascos 3

Codigo do conto:
40072

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
23/12/2013

Quant.de Votos:
9

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


foi visitar minha irma e seu marido me fudeu,contos e relatos eroticosconto erotico adoro socar a calcinha no cucontos eroticos de esposas que pedem para os maridos vestirem suas calcinhas durante a transacontos eróticos gay comendo o cu do garoto oferecidocontos eróticos quadrinhos caverna do Dragãobrotheragem contos eroticosfui chantageada e tive que bater uma punheta para meu patraocontos eroticos chantageada pelo megadotadofui no quarto do meu irmaozinho e dei a buceta pra elecontos incesto comendo minha maehistorinha em quadrinho pornocorno mijado contoscontos de lactantesminha primeira masturbacaocasada que fes zoofilia pela primera vescontoerotico sou madura rabao adoro ixibir pra meu filhonegão segurança contos gaycontos inxesto mae e filho piroculdo veridicodona terezuda chupando uma picacontos de sexo anal com a minha cunhadinhacontodecuzaoContos erótico lambendo o cu suado do garoto de ruaincestocontogaycasa dos contos eróticos de coroas maduros motoristaquadrinhó gay Conto erotico avo carente neta safada e neto safado juntoscontos de tia que criou sobrinho e deu banhoconto erótico enganada e chantageadacoto erotismo historia tarada pelo velho roludoporno anal. giratirio rromboconto erotico esposa bebadahentai porno negro a amigo negro do meu filhoincesto zenildacoto erodico de como pater puetaconto veridico incesto papae roludovideo motorista fretado esquece video pornominha mulhe nuaconto erotico gey com foto o pedreiro negãocomeu meu cuzinhocontos eróticos com mulher doentenetinh axupa vovó sexo vovó adormecidoconto erotico Cu putoconto minha tia minha safadacontos eroticos andando de moto sem calcinhasou puta e pratico zoofiliacontos de putinha no chicotePorno contos incesto aprendendo tudo com papai e mamae,desde cedo,carinhosospegando o genro contoconto erotico a costureiraConto erotico burro comendo novinhaComendo o rabinho da menininha contos eróticoscoroa flagando menininha lendo pornôcontoeroticodfcontos eroticos travesti como me transformei numa meninaconto pai me apalpa me tocameu pai abusou de mim-contos heroticosconto viciada em da o rabo para o filho pirocudo ai que delicia mete filhaõPorno contos incesto aprendendo tudo com papai e mamae,desde cedo,carinhososgozando na minha esposacontos com fotos cfm casais com dotadosjheycelovecontoseroticossodomizadaContos eroticos falava putaria isso fode a buceta come ui aiconto erótico hermafroditacontos eroticos incesto mae com fotosgosadas dentro do cuXvidioativohq porno cunhadacontactpromo.ru contosconto erotico tia peludaesposa chapada contoqri bucetascontos meu travesti mulato da pica grandecontos eroticos transando com esposa e sendo brechadofilmes cm imagens picantes senas sexocontos psicologa casada e rabudahistoria em quadrinho porno de mulhres com cachorro dobetmansexo conto banda desenhadatrai meu namorado em excurçao contosultimos contos sadoporno gay conto anjo apaixonadocontos transando com vôvôContos eroticos de mamae e filhas gulosas mamando nos pauzao grandao grossao dos cinco filhos numa suruba em casacontos eroticos real de professora casada que trai o marido com velho pirocudoconto erotico meu filho hermafroditaContos eroticos.eu e os velhinhos no grupalConto erotico padrePassei 3 dias sem bater pulheta quando fui bater deu um tesão enormecontos eróticos comi minha tia e minha prima na chácaracontos eróticos me vez chantagem meu amigo me comeuConto eroticos de sogra presenteia genro com uma punheta