Dupla penetração com dois coroas



Sou morena, magra, tenho um bumbum redondinho, seios pequenos.
Sempre tive vontade de transar com dois homens, mas até então não tinha feito nada para que acontecesse. Um dia desses, por curiosidade li na seção de anuncios, um que me chamou a atenção. Era de um coroa, 50 anos, que queria encontrar uma mulher de seus 25 anos para curtir uma aventura a três. Guardei o anuncio e naquela de ligo ou não ligo, resolvi ligar. Eu falava de um orelhão, pois tinha receio do que poderia ser, afinal era minha primeira vez e hoje em dia tudo é arriscado.
O Mário, era muito comunicativo, pediu até para que eu desse o número do orelhão para me ligar e assim fiz. Ficamos uns 30 minutos falando e ele me dizia coisas que me excitavam. Assim foi durante uma semana e eu ficava cada dia mais excitada. Eu pensava que essa aventura era ele, a mulher dele e outra mulher, mas qual foi a minha surpresa, quando ele me disse que era ele, o irmão dele e outra mulher. Resolvi conhecê-lo pessoalmente, marcamos um encontro no shopping e assim aconteceu. Ele era charmoso, meio calvo, mas muito simpatico. Me achou linda e sussurrou no meu ouvido que eu tinha um traseiro muito bonito.
Confesso que me senti atraida por ele e senti um desejo de ir com ele para a cama louco.
Fomos para o carro e ali nos beijamos loucamente, minha mão procurou o seu pau sob a calça. Agarrei aquele membro duro e desejei abrir o ziper, mas ele me disse que ali não, que ele queria que o irmão dele estivesse junto. Então resolvemos marcar para o outro dia, iriamos para um motel e eu seria dos dois. Eu disse que não via a hora e ele me retribui dizendo que eu não ia me arrepender.
No outro dia, lá pelas 19 hs, ele me pegou no shoping. O Jaime, irmão dele, já estava no carro. Tinha 45 anos, simpatico também. Eu tremia de medo e de tesão, estava diante de uma situação que não sabia se iria dar certo ou não. O Mario percebeu meu medo, mas procurou me acalmar, dizendo que não iam fazer nada do que eu não quisesse. Eu tava com dois homens que mal eu conhecia, mas resolvi ir com eles ao motel.O carro dele era todo escuro e não dava pra ver o Jaime no banco de tras.
Entramos no quarto e eles me pediram para tomar um banho sozinha. Eu fui e quando sai do banheiro, encontrei os dois deitados na cama, totalmente nus se masturbando. Eu fiquei parada, deixei a toalha cair e perplexa não pude tirar os olhos do pau do Jaime, era enormeeeee.
Deitei no meio deles e beijei cada um deles, que se revezavam nos meus pequenos seios. Que tesão imenso eu sentia. Fiquei de quatro para chupar o pau do Jaime que mal cabia em minha boca. O Mario chupava meu grelinho e meu anus. Que sensação gostosa eu sentia com a lingua dele. Meu medo deu lugar a excitação. Senti o Mario apontar o seu cacete para a minha xana e me penetrou. Eu chupava o cacete do Jaime, ele gemia e eu também gemia com as estocadas fortes do Mario em minha bucetinha molhada. O Jaime apertava meus seios com sua mão enquanto eu o chupava, o Mario metia gostoso em mim. Sentia que iria gozar, rebolei então no cacete dele que também aumentava a respiração, mas senti primeiro um jato forte na minha boca, o Jaime gozava e segurando minha cabeça não permitiu que eu tirasse minha boca me fazendo engolir toda a sua porra. Nisso eu também acabei gozando e recebendo o jato de esperma do Mario na minha xana. Mas não parou por ai, depois de alguns minutos , recomeçamos tudo novamente. Peguei no pau do Mario e passei a chupá-lo ate que ficasse duro. O Mario chupava minha bucetinha que já estava pronta para outra. Na verdade eu queria que o Jaime metesse em mim, a ferramenta dele era muito grande e eu nunca tinha visto nada assim.
E assim foi, na mesma posição da primeira vez, fiquei de quatro chupando o Mario e o Jaime apontou sua enorme ferramenta para a minha bucetinha e foi me penetrando bem devagar. Ele sabia o estrago que iria provocar e foi devagar para que eu me acostumasse. Eu dava uns gemidos de dor e prazer, mas acomodei todo o seu mastro em mim. Nuns movimentos rapidos, ele socava, meu corpo balançava, eu rebolava e ele me dizia que tava com muito tesão comigo. Em meios as chupadas que eu dava no Mario, eu pedia para ele meter mais. Foi ai que senti o dedo dele forçar meu rabinho. Ele enfiou um dedo, dois e tres, era a preparação para receber seu mastro. E não deu outra, ele tirou seu cacete da minha buceta e apontou para o meu rabo. Ai doeu muito, sentia ele arrombando meu cu, arregaçando as minhas pregas anais. Eu já não conseguia chupar o Mario direito, era muita dor, mas nada do Jaime parar, olhei no espelho e vi que ele estava enfiando tudo e vi quando o corpo dele tocou o meu, neste momento, tinha todo o pau do Jaime no meu rabo que ardia. Ficou um tempo parado para que eu me acostumasse, mas tava dificil, tava doendo demais. Pedi para ele tirar, mas que nada, ai que ele passou a meter, num vai-e-vem acelerado. Eu gemia alto, mas a dor acabou virando prazer, afinal eu não podia fazer nada, estava engatada com o Jaime e sair daquela posição era muito dificil. Eu era só gemidos.
O Jaime então tirou seu pau do meu rabo e ficou deitado, o Mario disse que agora era a vez dele. Eu disse que tava doendo, mas ele que nada de me ouvir, disse apenas que eu estava ali e tinha que fazer o que eles quisessem.
O Jaime me puxou para si, me beijou e disse para eu relaxar. Sentei no cacete dele e passei a cavalga-lo e chupava o cacete do Mario.
O Jaime foi me puxando para frente e o Mario foi atras de mim. Fechei meus olhos e senti o Mario me penetrar o cu. Nem acreditei, eu tinha dois homens em mim, dois coroas, dois desconhecidos. Olhava no espelho e nao acreditava que estava ali como um sanduiche. Os dois me bombavam, a respiração de nós tres ficava ofegante. O Jaime tinha laciado bem meu rabo e o pau do Mario, um pouco menor, não causava a dor de antes. Meu prazer era mais forte e eu disse que iria gozar. Me abaixei e beijei o Jaime, sussurrei no ouvido dele que tinha adorado o cacete dele no meu rabo e gozei novamente. Recebi então a porra do Mario no meu cu e logo apos o Jaime gozava na minha buceta. Ficamos um bom tempo naquela posição após o gozo, quando eles sairam de mim, meus buracos eram só esperma que escorria. Fui para o chuveiro e pude ver no espelho o estrago que fizeram no meu rabo, era um buraco só que parecia nunca mais fechar. Pensei que tinha acabado, estava exausta, mas que nada, o Jaime entrou debaixo do chuveiro comigo e seu pau ficou duro novamente. Apesar da idade, eles tinham um fogo. Ele me disse que era vez dele gozar no meu cu. Eu só suspirei. Mesmo molhada ele me levou para a cama. Sentei no cacete do Mario e o Jaime veio me penetrar no rabo. O Jaime dizia que eu era muito gostosinha. Meteram novamente, outra dupla penetração e gozaram novamente em mim. Depois disso, fomos embora, mas fiquei com o telefone deles e penso em outra vez.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico alessandra

Nome do conto:
Dupla penetração com dois coroas

Codigo do conto:
3687

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
24/12/2004

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eroticos.ensinandocontoeroticomaninhocontos eroticos os quintetos em quadrinhoscontos eroticos meu sogro gozou no meu cu em quanto meu marido cartava a gramaconto de sexo com bem dotadocomendo gostoso a mãe quadrinhos eroticoscontos erotico de negao dotado com casadas e o cornomeu genro folgado contos eroticoswwwgoogle egua gozando no pau do comedocontos eróticos publicados Fiz grupal para me vingarwww. banheiro publico só com os caminheiros vide porno. comconto erotico em quadrinhõquadrinho erotico praianovinhas campo grande ms peladinha incesto contos eróticosconto erotico de travestiscontos eróticos casadaloira gostosa[email protected]favelada neguinha dando pra pauzudo conto eroticocontos de relatos de nora transando com sogro no sul da BahiaImagens de desenhos pornograficos o amigo negro do meu filho a professoraconto erotico escravaultimos contos sadoConto erotico de evangelicamaloqueiro doido por gay passivo contocontos eróticos inversão bêbadoFodedo com a sogra revista cimpletavidios pornos tia sendo estrupada pelo subrinho na sua fasendaconto erotico vascilo e eu dei gostosoContos eroticos ela era bem sapeca nao pude evitarQuadrinhos eróticos meu padrasto pausudo me comeucontos eroticos de corno na balada com fotosContoeroticoxaninhafiquei louco pelo meu mehlor amigo part 1contactpromo.ru contoscontos com foto de emprega mostra bucetaporno em quadrinhos com negroescontos traicao sogrocontos erotico cavalgando o cacetao do negaoconto erotico minha esposa adora conta as foda dela e eu flaguei elacontos eroticos com orgia com vovo e papaicheirinho de buceta do papai emfotos e contosnegras bucetas mozensinando a sobrinha conto eroticoxvedeo crete safada poduida sertado em cima da rola do machonegao coroa contovelha com novinho menor contos eróticoswww.contoerotico.com/conto/381/443071/a-putinha-do-papai.htmlContos eroticos incesto apos a lua de melsiririca com objeto contos eróticosmeu primo virou uma travesti linda e novinharemexe rabaopriquito virgem descabasado ate o talo pornotravesti nua gostosameninas pega na pica igozaenrabada pelo negao contosfiz meu sobrinho vira uma puta subimisa hentai hqcontos eroticos comendo uma carcereiraimagens de loiras gostosas peladas transandoconto erotico minhas irmalllcontos porno de menage masculinaconto.erótico.mulher.trasand.com.dois.homem.em.2017comendo o cu do meu primo quadrinhos pornoconto erotico fui fodida pelo delegado gostoso[email protected]conto cremosinho para meu noivo quando conto cremosinho para meu noivo cornopeituda de conchinha (contos).komik xxxcontos eroticos comi a mulher da lotericawww.bucetadeamanda.com.brmacrinhas e loirinhas nuasmeu marido medividiu com seus amigos contos eróticosmulher pagando agiota com buceta