QUANDO MEU HOMEM COMEÇOU A FODER MINHA BOQUINHA



Olá, este é meu primeiro conto, meu homem sempre gozou muito lendo esses contos, então me incentivou a escrever. Sou branquinha, 1,60m, 65Kg, coxas grossas, cabelos encaracolados claros, olhos azuis e bucetinha raspadinha, meu homem (hoje meu marido) é moreno, 1,72m, 80 Kg e tem um pau que eu adoro. Bem vamos a história: nós sempre fudemos muito, no carro, motel, na casa vazia que compramos pra morar, na rua, no quintal, em todos os lugares e sempre gozei muito. Mas de uns tempos pra cá, ele está cada dia mais violento, fudendo cada vez mais forte minha boquinha e cuzinho, me fazendo gozar muito com isso. Tudo começou quando, depois de uma reunião com amigos, bateu aquele tesão e fomos embora, eram uma quatro da tarde e (ainda não éramos casados) fomos pra casa que tínhamos comprado, a casa não era mobiliada, tinha apenas a cama e o sofá (claro, era a única coisa que pecisávamos pra fuder gostoso) eu estava com uma sainha jeans (bem sem vergonha), uma blusa e um salto alto de uns 10 cm para deixar meu rabinho bem empinado; e ele estava de bermuda e camiseta. Chegamos e colocamos o carro pra dentro e entramos já na entrada da casa ele me deu um beijo bem melado e começou a me lamber todo meu rostinho, achei estranho, mas uma delícia, me virou de costas, levantou minha sainha, pois minha calcinha (já melada) de lado e meteu três dedos na minha bucetinha com uma violência deliciosa, não demorou muito e gozei na mão dele que tirou a mão do meu bucetão melado e me deu pra lamber. Logo depois me virou, me deu outro beijo e várias lambidas na minha carinha de puta e me fez ajoelhar e disse “abre a boca, putinha...” sempre chupei seu caralho e adoro isso, mas ele nunca esteve tão sedento pela minha boca, mal sabia, mas ele estava me ensinando uma coisa que nunca mais me esqueci a fuder minha boquinha. Tirou o pau pro lado da bermuda e mandou inteiro pra minha boca batendo as bolas no meu queixinho, me assustei e engasguei, pois o pauzão foi parar na minha garganta, tirei o pau da boca e disse “calma meu bem, senão eu engasgo...” e ele irredutível disse “cala a boca e engole, putinha...” e mandou ver na minha boquinha, ele fodia como se fode uma buceta, com força e muita, muita violência lá no fundo, eu engasgava várias vezes, tentava fugir mas ele era mais forte e eu estava de costas pra parede e gozando muito com aquele pauzão na minha boquinha então ele tirou aquele pau todo babado e perguntou “tão gostando?”, eu não respondi nada, apenas abri a minha boquinha sedenta por pica, ele foi a loucura e meteu a rola com mais força, agora ele metia e segurava ela lá dentro me fazendo perder o ar, tirava eu puxava o ar e ele me mandava rola de novo, tirava o pau da minha boca e batia na minha carinha com o pau todo babado e socava de novo na minha boca, quando ele cansou de fazer minha boca de buceta, ele tirou o short e sentou no sofá, me colocou entre suas pernas e começou a bater uma punheta com minha boca, minha boca era dele, a baba escorria pelo saco, aquilo me deixava louca, então quando consegui me desvencilhar daquela punheta deliciosa eu me levantei e com um fio de baba no queixinho de puta disse “fode minha buceta, fode.” Não precisou pedir de novo, ele me colocou no braço do sofá, levantou minhas pernas e pois minha calcinha até o joelho, mandou a mão na minha bucetona melada, lambuzou a mão e esfregou na minha cara, aquilo me deu muito nojo e muita raiva, afinal com quem ele achava que estava trepando? Eu tinha que tomar uma atitude e tomei: “fode essa buceta, fode por favor!!!” e ele mandou pica. O pau dele parecia nadar naquela piscina melada que era minha buceta, gozei mais uma vez pelo menos, não satisfeito, ele me jogou no chão e de joelhos, me mandou “abre a boca, de novo e limpa esse pau melado!!” eu estava com muito nojo, mas nada é maior que o tesão, abri minha boquinha de puta e coloquei a língua pra fora e ele simplesmente passou o pau melado na minha língua até ficar limpo e então outra sessão de foda na minha boquinha, quando se cansou me colocou de quatro em cima do sofá e rola na bucetinha, minha calcinha ainda estava nos joelhos e como eu comecei a gozar gritando só aí ele tirou minha calcinha e colocou na minha boca, nossa gozei umas três vezes naquela rola, então começou a espancar minha bunda que é branquinha e ficou toda vermelha dizendo “bundona gostosa!!! Toma rola!!!” e eu gozando, então novamente me colocou no chão e começou a terceira foda na boca, eu já estava engasgando menos mas continuava a babar muito naquela rola, então ele abriu minha bolsa e pegou nosso gel anestésico, logo vi que ia ter que dar o cuzinho, quem já deu o rabinho sabe de duas coisas: dói, dói muito e a segunda o gozo é inexplicável. A hora que vi o gelzinha na sua mão disse “putz, você não cansa, vamos deixar o cuzinho pra outro dia... por favor”, era inútil, novamente ele não me escutou (ainda bem) me colocou novamente no braço do sofá, meteu a pica na bucetinha e lambouzou o dedo com o gel e começou a massagear meu cuzinho, meteu um dedo e eu já reclamei assim ficou um bom tempo, tanto que gozei com o pau dele na buceta e de uma vez tirou o pau da bucetona e começou a bater na porta do meu cuzinho, eu implorava pra ele ter cuidado, mas ele sabe como comer um cu: foi colocando de vagar, massageando meu grelinho e me dando beijinhos carinhosos, não há mulher que resista na hora que dei por mim, estava com uma puta dor no cu e ele metendo “meu bem tira, está doendo...”então ele me deu um beijo carinhoso e parou de fuder (mas não tirou) foi o tempo de me esquecer do rabinho e me lembrar do dedinho da buceta e dos beijinhos carinhosos e quando dei por mim ele estava batendo a bola ma minha bunda e eu já gozando muito no rabinho (ao contrário da buceta, no cu é só meter pra gozar, não tem tempo de sentir mais nada, só o gozo) e ele dizendo “olha meu pau no cuzinho, meu bem... que delícia” e pau no cu!!!
Gozei muito, então ele me pois de quatro e mais rola no rabão e mais gozo e dor (como já disse, nada é mais forte que o gozo, então deixa doer) então ele me colocou de pé e continuou a foda no cu, e foi me ajoelhando até eu estar como uma cadelinha feliz levando rola, foi só aí que ele anunciou o gozo... gozou muita porra por todos os lados, fique toda lambuzada. Ficamos fudendo das 16:30 até as 21:00h muita foda e muita meteção na minha boquinha, depois ele me disse que aquele dia eu aprendi uma nova “modalidade de sexo”, o hardcore. Eu adorei e a partir daí só metemos assim.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario cota português

cota português Comentou em 12/11/2013

Tesão total. Votei

foto perfil usuario

Comentou em 26/09/2013

Putz quantas vezes você gozou,muito bom seu conto Adorei,muito bem contado beijos

foto perfil usuario terranova

terranova Comentou em 21/09/2013

Que delicia de safadeza... adorei...




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


34489 - NOSSAS FODAS NO HOTEL FAZENDA - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
34490 - MINHAS INICIAÇÕES SEXUAIS - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
34491 - MEU PRESENTE DE ANIVERSÁRIO - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
34571 - A ESTREIA DA NOVA MINI-SAIA JEANS - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
34572 - AS FODAS DA LUA DE MEL - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
34764 - IMPLOREI PRA COMER MEU CU E LEVEI PORRA NO ROSTO - Categoria: Heterosexual - Votos: 20
34768 - ACORDEI ELE DE UM PESADELO E REALIZEI MEUS SONHOS - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
35747 - MINHA DIETA: TRÊS DOSES DE PORRA AO DIA - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
35749 - FODA VIRTUAL É BOM MAS PORRA BOA É A DE VERDADE - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
36768 - CURRA DELICIOSA NO MOTEL: PORRA PRA TODO LADO - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
36874 - UMA SEMANA DE PORRA MATINAL - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
49363 - SEXO GRUPAL: ORGIA É UMA DELÍCIA - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 6
49364 - SEXO GRUPAL: ORGIA É UMA DELÍCIA-O CAFÉ DA MANHÃ - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
51655 - O CARNAVAL DOS SONHOS - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
60014 - UMA EXPERIÊNCIA DIFERENTE E FANTÁSTICA - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 6
66819 - PRIMEIRA VEZ NA CASA DE SWING - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 10

Ficha do conto

Foto Perfil casalhardcore
casalhardcore

Nome do conto:
QUANDO MEU HOMEM COMEÇOU A FODER MINHA BOQUINHA

Codigo do conto:
34488

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
26/08/2013

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


CONTO DEI O CUZINHO PARA O VELHO COM MEU MARIDO DORMINDOcontos filha dorme com a mãe siriricawww.xxvideo Bomelaconto porno mundos paralelos segunda temporada contos eroticos gay me apaixonei pelo meu irmaoContos chupei muito o pau dlc (gaysContos eroticos de a buceta para o pedreirolanterna samba pornô por tu amorminha sogra pisou - conto eroticoconto erotico meu primo me enganou e comeu meu cu na infânciaultimos contos sadoultimos contos sadocontos de crentes caretescontos eroticos nice boqueterafui encochaada e meu maridoo ajudava corno contoscontos gay de sendo arrombado por um garoto negro de ruasexo minha filha tava com um vestido curto nao aguentei comi elacontos eroticos da noiva e seu padrinho`conto erotico` Gabrielutimoscontosconto porno ela nao quis mais enfiei mesmo assimcontodecuzaovirei femeacontos eroticos amiga e seu cuzinho que pisca na minha rolaContosSecretaria fudendocontos eroticos mulher casada transa com velho de 60anoscontos eroticos hentai segredo de baixo da saia 3dconto erotico esposa amarrada e vendadaso safada conto eroticoconto meu amante.me.transformou em.putaos convidados comeram minha mulher hentai e contos eróticoscontos cfm com fotos esposas arrombadasconto erotico travesti se vestindo para darconto erótico de sequestrador de mulherescontos erotico namorada na praia com amigosnegao roludo rasga novinha com srxo exaustivodesenho porno de negaosotao conto heteroescravo gay contoSexo enfurecido, loucamente estrupei gostoso fudi sem dó novimha transando em mamauscontoerotico mulher estuprada por outrautimoscontosconto erotico ninfetinha com chupeta na bocacomendi irma safada e amigo comendo comigocomercuegostosocontos-eroticos-afilhada-padrinhocom fotocontos eroticos meu padrasto me comeu com seu pauzaoconto cunhada sheila adora dar a bunda quando marido sai para trabalharesposa bebada assistindo futebol na chacara contoutimoscontoswww conto erotico gay de irmao com irmao com brputinhas do papaifotos de pauzudas com rolas de 30cmcontos eroticos so no meu cuzaopiriguetesexopornopeido de buceta conto eroticoconto erotico meu filho armou pra mecontos mimha mae virou minha puta na praiaconto erotico na igrejaconto erotico masturbaçao forçadaver contos eroticos lesbicas de a ginecologista sexo relatosenchi minha buceta greluda de pora pro mru corno chuparcontoporno enfiei bananaultimos contos sadomasoquistaContos eroticos de como dei a buceta na surubanegrinha feis sexo com o pai por vingançasconto Minha amigou socou todo o braco na minha xixotaconto erotico dopei minha esposa pra ser cornopai e filho rasgando o cu filha quadrinhoconto erotico colomeu cu ficou muito largo contosos melhores contos eroticos de pai safadinhos com. suas filhas safadinhas.conto erotico ninacontos eroticos minha mãe de roupa curtaxvideos ispozos dotadosno carnaval conto eróticocontos eróticos professora submissafomos pescar com nossas esposas conto eroticoPresente pro meu corno.conto eróticocontos eroticos na boate lgbtxnxxquadrinho incestoquadrinhos porno svcontos de erica coroa biscatinhacomendo mulher do amigo quadrinhosvagabunda+bucetuda+amadoraassistindo filme porno mais a familia contos eroticosconto erotico de baixo da camax vídeo pornô cazero menino comeu a molequia