Quem manda ser curioso final



        Seu Chico me levou para seu quarto, mandou eu tirar a roupa, estava com medo sabia da dor dele me penetrar não queria, mais era moleque, tirei, ele me deu uma tanguinha e uma camisolinha, mandou eu vestir, eu coloquei, ele me deitou na cama dele, ficou só de cueca e começou o martírio puxou a calçinha para o lado e tome linguada no cu, ficou me chupando mordendo minha bunda enfiando o dedão no meu cuzinho me fazendo gritar, ate que pegou um creme na gaveta do lado da cama untou meu cuzinho, colocou um travesseiro debaixo dos meus quadris deixando meu rabão bem arrebitado tirou a cueca e então me assustei de novo com o tamanho daquele caralho passou aquele creme encostou o cabeção na portinha do meu cuzinho e disse relaxa minha gostosinha que o pirocão do teu macho vai entrar todinho agora, só senti a pressão e aquela dor e ardência começaram, eu comecei a chorar pedir para ele parar, ele só gemia, elogiava meu cuzinho e enterrava ate eu sentir o sacão na porta do meu cuzinho, o cara estava doido socava, metia como se eu fosse adulto, sentia meu cu sendo arrombado, e socava, gemia me batia na bunda até que urrou e começou a gozar, dali ele saiu, me fez chupar o resto do leite que saia do pirocão, me levou para o banheiro me lavou o rabo ainda meteu mais um pouco me fazendo sentar sobre aquele cacetão, eu já nem me importava tudo doía, então nos arrumamos ele me levou para a cozinha me deu um lanche e disse que ele me comeria sempre que tivesse tesão e que era para mim ficar quieto senão ele iria dizer que eu era o viadinho da redondeza e que ficava se oferecendo para ele que era viúvo, foi então que passei a dar para seu Chico com certa freqüência, com isso meu corpo começou a se transformar, meus peitinhos começaram a se desenvolver mais que deviam, minhas coxas ficaram mais grossas e meu rabo cresceu mais ainda, com isso meus irmãos começaram a desconfiar, já que eles me viam sem roupa no banho que nos tomávamos juntos no riacho, um dia me seguiram e me viram entrando na casa de seu Chico, ficaram olhando pelas frestas da janela e me viram de calçinha e camisola, mamar e tomar no cu, satisfazendo seu Chico, ficaram putos queriam entrar acabar com aquilo, mais acho que o tesão da rola falou mais alto, meu irmão mais velho Celso falou para o meu irmão do meio Pedro, vamos para casa que quando ele chegar vamos ter uma conversa seria com ele, foram para casa, quando eu cheguei ele me chamaram para dar uma volta, eu fui nem desconfiava de nada, foi então que me levaram para a casa onde guardamos as sementes e lá os dois começaram a perguntar onde eu estava, com que, o que estava fazendo, eu disse que estava na casa de Carlos e Roberto, eles me perguntaram o que estávamos fazendo lá, eu disse brincando de bola, um olhou para o outro, disse que eu estava mentindo, que eles estavam com Carlos e Roberto na cidade e que passaram pela casa de seu Chico e olharam pela janela, nessa hora acho que desmaiei, pois quando acordei estava deitado sobre o feno, os dois do meu lado me passando água, comecei a chorar, eles disseram que tinham visto eu metendo com seu Chico, então contei tudo a eles, eles queriam matar seu Chico por ter molestado Ritinha e de me fazer de mulher, eu disse que seria um escândalo, que todos iam me maltratar, eles perguntaram se eu gostava de meter com seu Chico, eu disse que no inicio não, mais que agora já estava gostando e até gozando muito, quando olho, meus dois irmãos de pau duro, fico sem graça, mais ao mesmo tempo excitado, então eu peço para ver as picas duras deles, pois só conhecia elas molinhas, e não foi uma surpresa maravilhosa, meus irmãos tinha duas piroconas enormes, a do mais velho ainda era maior que do seu Chico, pedi para segurar eles deixaram e a partir daí a putaria rolou geral , mamei os dois e chorei muito levando a pica de Celso e Pedro, e a partir daí toda noite dormia na cama ou de Pedro ou de Celso que se revezavam comendo o cuzinho da nova irmãzinha que eles arrumaram, com o passar do tempo minha mãe ficou muito doente e veio a falecer, ficando só eu meu pai e meus dois irmãos que já eram meus homens também, com isso passei a fazer todo o trabalho que minha mãe fazia, como lavar cozinhar e a noite servia de mulher para meus irmãos e a tardinha não deixava de dar aquela passadinha no seu Chico, mais agora não com tanta freqüência, acabei contando a ele que meus irmãos descobriram tudo que queriam matar ele, ele aceitou eu ir quando quisesse para ele poder gozar gostoso, minha vida tinha mudado muito desde que vi Ritinha com seu Chico, estava feliz com meus irmão me tratando com carinho, mais não era fácil aguentar dois homens jovens cheios de tesão, os hormônios a mil, eu sofria um bocado embaixo dos dois, mais estava satisfeito, foi então que vi meu pai começar a ficar muito triste, só trabalho, começou a beber, então um dia ele chegou muito bêbado, os meninos não estavam, tinham saído para um futebol, levei ele para o quarto ajudei ele a tirar a roupa, quando vi meu pai de cueca, é que pude ver de onde Celso e Pedro puxaram aquele cacetão, papai tinha um volume enorme, fiquei excitado, mais com vergonha de estar pensando em meu pai como homem, estava com muita pena dele, sabia que era falta de mamãe, pois todos nós sentíamos, então deixei ele deitado fui para cozinha fiz tudo que tinha para fazer, voltei ao quarto olhei papai deitado com aquela cueca estufada para cima, acho que o tesão ainda era maior nessa hora, pensei, pensei, então fiz uma loucura, peguei uma camisola que tinha guardado de mamãe, coloquei uma tanguinha que seu Chico me deu, fechei a janela as cortinas, peguei uma coberta cobri papai, me deitei ao lado dele, puxei ele de lado fiquei de costas para ele, arriei a cueca dele, pulou um pirocão quase duro, passei cuspe punhetando, sentia a respiração de papai forte, o pau agora estava bem duro, puxei a calçinha para o lado passei cuspe no meu cuzinho encaixei o pirocão de papai e fui empurrando minha bundinha para trás, o cabeção começou a entrar, senti papai dar um suspiro, quando olho, vejo ele de olhos abertos olhando para mim, fico parado, com medo, ele me empurra um pouco para o lado e monta em mim, sinto a pica fincar o meu cu, vai entrando ele começa a meter, a me beijar o pescoço, morder minha orelha, me chamando de meu amor, chamava o nome de mamãe, eu chorando baixinho de emoção mais também de dor, papai metia fundo aquele pirocão estava terminando de me arregaçar as últimas preguinhas que existiam ate que gozou me inundando com muito leite quente acumulado, saiu de cima de mim e caiu no ronco, me levantei fui para o banheiro, me lavei meu cu estava em frangalhos, logo em seguida meus irmãos chegaram, comeram, viram que papai estava dormindo de pileque, me levaram para o quarto para fazer a festinha de todo fim de semana, mais eu não estava agüentando, o pirocão do papai realmente tinha me arregaçado, tive que contar a eles, o que se passou eles ficaram emocionados e nos abraçamos nos beijamos, mamei ate eles gozarem e fomos dormir, no dia seguinte papai disse que tinha tido um sonho lindo com mamãe, nós rimos, ele foram para a plantação eu continuei em casa, lá eles contaram minha história toda a ele, desde o inicio de seu Chico, deles me comerem e de eu ter servido de mulher para ele a noite, ele ficou meio confuso, mais na hora do almoço ele veio ate em casa, me chamou no quarto me abraçou, e quando me deu um beijo na boca, pronto, sabia que ele estava sabendo de tudo, em seguida ele mandou eu vestir a mesma roupa de ontem, eu vesti, e ele me amou ali no quarto como se eu fosse sua mulher, desde então vivemos felizes na fazenda eu e meus três homens, o meu irmão mais velho esta no exercito, e as vezes trás uns amigos soldados aqui na fazenda para descansar, rsssss, mal ele sabe que dou uma canseira nesses amiguinhos dele, dou muito no riacho, cada semana vem mais soldados aqui, mais dou conta do trabalho aqui de casa e meu descanso e meter rsssss

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


22311 - O PORTEIRO - Categoria: Gays - Votos: 20
22346 - Quem manda ser curioso - Categoria: Gays - Votos: 17
22351 - Apostando no videogame acabei dando - Categoria: Gays - Votos: 8
22357 - Primeiro a vingança depois o que ficou foi amizade - Categoria: Gays - Votos: 5
22391 - continuação de apostei no videogame acabei dando - Categoria: Gays - Votos: 8
22392 - Carlinha a safadinha - Categoria: Incesto - Votos: 4
22393 - bruninha e seu irmão - Categoria: Incesto - Votos: 4
22394 - Rodriguinho muito mimado - Categoria: Gays - Votos: 6
22395 - Fui tomar sorvete acabei chupando e dando - Categoria: Gays - Votos: 8
22399 - Sou uma cunhadinha safada - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
22404 - Minha primeira vez ja maduro em um gangbang part1 - Categoria: Gays - Votos: 6
22405 - Minha primeira vez ja maduro em um gangbang final - Categoria: Gays - Votos: 5
22535 - Martinha safadinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
22599 - Me dei bem no carnaval - Categoria: Gays - Votos: 4
22606 - O dia que trai meu marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
22651 - Sou um cara de sorte - Categoria: Gays - Votos: 8
22655 - minha primeira transa foi com minha prima - Categoria: Lésbicas - Votos: 6
24860 - Meu melhor amigo meu amor - Categoria: Gays - Votos: 7
32185 - filho de técnico sofre - Categoria: Gays - Votos: 13
40793 - grupo de pagode - Categoria: Gays - Votos: 10
43994 - os meninos do reformatorio - Categoria: Gays - Votos: 42
44106 - Quando tudo começou primeira parte - Categoria: Gays - Votos: 5
44107 - Quando tudo começou segunda parte - Categoria: Gays - Votos: 4
44318 - continução dos meninos do reformatório - Categoria: Gays - Votos: 21

Ficha do conto

Foto Perfil allex3
123mudei

Nome do conto:
Quem manda ser curioso final

Codigo do conto:
22349

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
18/11/2012

Quant.de Votos:
9

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


aluna dar abuceti para otro alunaconto eroctico do marmajo comendo o cuzinho da novinha no quadradinhoconto erotico a patroa chupunaconto erotico sou pai liberal e levei minha filha no ginecologistaconto erotico usadoContos eroticos amizade coloridaContos eroticos mae e filho Incesto fica gravida porno totalcontos eroticos'a primeira vez que fiz um boquete na adolecencia'contos eroticos comi a caixa do supermercadoporno doido reconcilhiando com meu ex maridoabsorvente pornComentou que Bucetao pro tiomanga eroticocontos eroticos de estupro anal de virgensutimoscontosvizinha gosta de Leitinho contobanho conto erotdesejos inconfessáveis pornoContoeroticoescravagravidaconto erótico com fotos dei a bundinha só pro meu filhocasa dos contos fudendo gostoso com filho e amiga somos putonasafuder colega do servisopornô sexochegando na casa da vizinhaquadrinho eroticos espiando a tiaestava bebada e meu filho me comeuporno com cunhadachinesacontos eroticos dei para os amigos de meu marido no jogo de baralhofui comida feito uma vadia vacabunda e chingada de puta com o sograo contosconto erotico tia com bunfaoCONTO EROTICO PRINCESA E O SAPOcontos erotico Gay padrinho Jegaoultimos contos sado professora submissa 29quadrinhos eroticos- 3d-2017contos eroticos com fotos a tara do corno ver o negao arombar o cuzinho da sua esposahentai em quadrinhos estruprocontoeroticobailesagitarianagostosa34comeu a irmã e código e gozou dentro da buceta delacontoseroticosdpvaginalconto erotico gay o travesti favelado rasgou meu cu de madrugadatia encontrou a sobrinha bêbada e meter o piru pornôContos eroticos mães casadas traindos maridos com negões desconhecidosconto erotico comadre e afilhadacontos eroticos garotos acampando praisConto erotico pica de 28 na molequinhasMinha mae fudeu com migo e meus amigos suruba incesto contoconto gay aracajuconto erótico comendo a sobrinha gostosaamigocome casal conto eroticoutimoscontoscontoscorno jonasconto esposa quer emprenharXsvideos novinha punheteirascasada deu pro primo roludo que saiu daprisao contomenina que tirou a virgindade com o cachorro pastor alemão lukiFOTOS PORNO DOS SIPISONconto erotico do negao que nao perde de comer um cu de outro homemele nem desconfia abre a porta logo e vem comer meu cu sem frescuraporno gay quadrinho mozto rucontos com fotoscfm de casadas bucetudasmeu padrasto me flagrouconto erotico putaria com anacontodecuzaoela acordo tda molhada de pora dele pornomae sente tesao na filhaconto erotico perfil markisConto gay muay thaiAnal gay fuderoso de chorarcumendo o cu pretinho da comadreconto erotico em quadrinhõvidios pornos tia sendo estrupada pelo subrinho na sua fasendacontos eroticos casada chantageada por candidatoContos eroticos de vestido sem calcinhacontos eroticos obriguei minha esposa fazer sexo com estranhode cueca pegando no cacete contoContos eróticos com foto dei a bucta pro meu tio no meio do mato sexo selvagemconto erotico de pedreiro e esposa de cornocontos eroticos comi minha avó que fumava um beck incestoConto piazinho pauzudo insestocontos eroticos anal com familiares com fotoContos eroticos coroa rabuda casadapeguei minha mae transando com boneco inflavelconto erotico nao coube no cucontos verdadeiro de incesto cunhada transando com o cunhado pauzudao dotadomenino fije que e homem mais na hora começa achupa o pau do amigoContos eronticos vendedor de cocaca na praiaultimos contos sadoconto eroticos submissao com meu amigo gay