[Hetero] Comi a minha amiga da balada

Olá, meu nome é André, a historia que eu vou contar pra vocês aconteceu durante meus anos na universidade.
Eu na altura era um cara normal, não era muito musculado nem gordinho, um pouco magro mas nada perto de esqueletico e tinha um pau grande e grosso (uns 18~19 cm). Eu era um jovem que nem saía muito para ir em baladas mas teve uma noite em que ia rolar uma festa numa balada e meus amigos queriam ir. A entrada era grátis então eu decidi ir junto. Meus amigos haviam convidado uma garota que eu não conhecia. Ela era novinha e baixinha, tinha 18 anos, cabelos loiros cacheados e um sorriso bem bonito. Fomos para a balada e a noite começou, meus amigos e eu ficamos todos num canto dançando e eu decidi me introduzir a garota, ela era meio timida e não falava muito com a galera mas mesmo assim deu para rolar uma conversa entre nós. Ela começou a se sentir mais confortável e a meio da noite ela ja estava falando com todo o mundo mas mesmo assim ainda estava muito "presa". Eu comecei a dançar na frente dela para ela e ela dava umas risadinhas e quando dei por mim ela começou a dançar também. A noite continuou e ela veio até mim e pediu para eu dançar com ela.

Agarrei nela e começamos a dançar juntos, eu comecei passando minhas mãos nela e ela dançando perto de mim, nessa altura não tinha malícia nenhuma, só nos estavamos divertindo mas eu meio que estava a começar a sentir algo por ela. Nós continuamos a dançar e a nossa relação começou a ficar mais intima até que a balada ia fechar e todo mundo queria ir embora. Os nossos amigos foram embora e eu e ela ficamos conversando, depois de sair da balada e da nossa conversa ela perguntou:

- Você tem carro?
- Não, porque?
- É que eu moro no outro lado da cidade, mas eu peço carona pra um uber.

Ai eu pensei um pouco e falei:

-Olhe, é o seguinte, se você quiser ficar na minha casa é de boas. Eu moro aqui perto e amanhã de manha você tem aulas aqui.
- Ah, não sei... - falou ela meio nervosa
- Não estou obrigando você a ficar, é só mesmo porque acho mais seguro que pegar uma carona de um uber de um cara que você não conhece a essa hora.

Ela parou um pouco para pensar e logo me falou

- Você não se importa? É que eu não quero causar nenhum problema.

Fomos andando para minha casa e quando chegamos entramos no meu quarto. Ela se sentou na minha cama e começamos a conversar. Fiquei sabendo que ela queria estudar Design e me falou do ex dela. Essa conversa do ex levou a eu contar que estava sozinho e meio que nós começamos a flertar bem mais. Um pouco depois ela perguntou onde podia dormir e eu falei que ela podia dormir na cama e eu dormia no chão. Ela insistiu para ser ela no chão mas eu disse que preferia que ela dormisse confortável e ela corou um pouco. Perguntou se eu tinha algo que ela pudesse vestir e mostrei o meu armário para ela de onde ela tirou um moletom, ela fechou o armario, pediu para eu olhar para o outro lado para ela se vestir e eu assim o fiz. O que ela não deu conta foi que eu tinha um espelho na direção para onde estava olhando e quando vi ela tirando a roupa fiquei um pouco com um certo tesão nela. Decidi vestir meu pijama então mas ao contrario do caso dela e ficou me olhando enquanto eu me vestia o que me deixou ainda mais excitado.

Apagamos as luzes e nos deitamos para dormir, passado uns minutos eu ainda estava acordado e ouvi ela chamando em voz baixa meu nome:

- André, André!
- Chamou?
- Você está conseguindo dormir? - perguntou ela
- Não, porque?
- Não quer vir para a cama junto comigo?
- Que? - perguntei eu.
- Eh... é que não gosto de ver você dormindo ai desconfortável.
- Você tem a certeza?
- Hmm hmm - concordou ela.

Eu me levantei, e me fui deitar do lado dela, ela ficou deitada olhando para mim um pouco e depois virou costas para mim. Eu fiquei olhando ela e sentindo o cheiro gostoso do cabelo dela até que ela começou a se aproximar de mim e falou:

- Estou com frio.
- Quer um cobertor?
- Não, deixa estar, fica so mais junto a mim.

Eu me aproximei dela e quando dei por isso estávamos encochando um no outro. Eu senti a bunda dela na minha pica e comecei a ficar louco, o meu pau começou a ficar duro e não sei se ela reparou. Meti a minha mão em volta dela e comecei a acariciar ela. Ela me olhou e me começou a beijar, começamos a nos beijar. Foi um beijo louco e cheio de tesão até que ela me empurrou e me falou:

- Erm... isso não está certo. Desculpa
- Porque? Eu gostei

Ela corou um pouco ao ouvir o que eu falei e não falou mais nada. Apenas me ficou encarando.

- Você não tem de pedir desculpas por fazer algo que ambos estávamos gostando. - falei eu
- Mas eu não costumo ser assim.
- Eu entendo. Se você quiser parar tudo bem - falei eu acariciando o cabelo dela. - mas eu estava gostando.

Eu me aproximei lentamente para um beijo e ela aceitou e começou a me beijar loucamente e me agarrando. Ela subiu em cima de mim e começou a me beijar ainda mais, eu apertei a bunda dela e ela começou se esfregando nas minhas calças onde estava o alto da minha pica. Ficamos nisto um bom tempo ate que ela gozou um pouco, a calcinha dela ficou humida e ela parou de me beijar e ficou vermelha ela novamente se levantou para pedir desculpas mas eu abracei ela e falei:

- Tudo bem, não se preocupa. Estou feliz que você está gostando. Tenho que admitir que peguei um tesão por você.

Ela corou um pouco mais e me falou:

- Eu juro que não costumo ser tão vadia, eu sou meio tímida até mas eu também peguei um tesão por você e não estava me resistindo.

Eu olhei ela nos olhos e falei:

- Quer matar esse tesão?

Ela não sabia o que dizer, ainda molhada em cima de mim ficou me encarando como se não acreditasse no que tava acontecendo. Eu comecei tirando o moletom dela e ela ficou só de roupa interior. Ela estava com um sutiã e uma calcinha vermelha. Ela me falou que nunca ninguém antes tinha falado que tinha tesão por ela antes e que ela e o namorado quase não faziam sexo. Eu tirei minha camisa e ela tirou o sutiã dela revelando aqueles peitinhos redondinhos de ninfeta dela. Eu tire minhas calças e revelei meu pau para ela. Quando ela viu ele ereto ela ficou olhando ele e logo quis agarrar nele.

- Eae, gostou dele?
- Seu pau é enorme?
- Maior do que o de seu ex?
- Sim... na verdade até estou com um pouco de medo...
- Relaxa, se doer eu paro tá?

Ela acenou em confirmação. Eu tirei a calcinha dela e dei uma cheirada. Ela começou a punhetar o meu pau e eu dei uns tapas na bunda dela. Perguntei para ela se ela estava pronta e ela falou que sim. Passei a calcinha no meu pau para lubrificar e falei para ela começar a montar. Lentamente ela foi descendo e enfiando o meu pau nela. Ela estava bem apertadinha ia gemendo até que parou a meio do meu pau e começou a subir e a descer. Cada vez que ela descia ela metia mais, enfiando mais até que tinha quase tudo dentro dela e aí ela começou a quicar na minha pica, ela gemia e se dobrava com o peito para cima agarrando firme nas minhas pernas até que começou a tremer e agarrar forte, aí ela se levantou e começou a gozar em mim.

Não vou mentir mas isso me deixou louco, ela olhou para mim um pouco preocupada e eu logo comecei a limpar o gozo dela que tinha no meu corpo com meus dedos e a lamber eles. Isso pareceu deixar ela excitada porque ela saltou para mim e começou a me beijar.
Eu pedi para ela sair de cima de mim e ela ficou me olhando, me ajoelhei na cama, peguei uma almofada e falei para ela abrir as pernas que eu ia comer a vagina dela. Ela deitou-se e eu comecei a chupar ela. Ela gemia mais do que antes, esfregava a minha cabeça e apertava ela nas coxas dela, o gosto do gozo dela ainda lá estava e eu estava ficando louco de prazer e não tardou muito ela gozou de novo.

Me ajoelhei denovo, abri as pernas dela e me aproximei dela. Ela pegou na minha bunda e eu falei:

- Vou te foder, se doer me avisa tá bem bebé?
- Vai e me fode

Eu peguei no meu pau e comecei a meter e ela logo gemeu. Perguntei se estava tudo bem e ela respondeu que estava gostoso. Comecei a foder aquela vagina lentamente mas cada vez eu fazia mais fundo e mais rapido. Quando dei por mim estava fudendo ela e ela gemia sem parar e falava:

- Vaí bebé, me fode! Me fode gostoso! Sim, bebé isso!

Eu ouvia meu corpo chocando no dela. Ela até revirava os olhos de prazer, apertava minha bunda e a almofada. Aquele peitinhos balançando e ela gemendo me deixavam louco até que tive que gozar. Tirei meu pau para fora e comecei a punhetar. Ela apertou os peitos e falou pra eu gozar nela e assim eu fiz. Enchi os peitos dela e a cara dela de porra. Ela começou a se limpar e bebendo um pouco da porra que ela pegava e se deitou novamente em cima de mim, com a vagina encostada a meu pau e me agarrou, eu agarrei na bunda dela e assim fomos dormir nessa noite, pelados um em cima do outro


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


146810 - [Gay] [Incesto] Transei com o meu filho. - Categoria: Incesto - Votos: 20
146811 - [Gay] Meu amigo hetero me comeu - Categoria: Gays - Votos: 15
146812 - [Gay] Policial me comeu - Categoria: Gays - Votos: 17
149624 - [Gay] O melhor colega de casa - Categoria: Gays - Votos: 24
149638 - [Hetero] Comi a Mãe do namorado da minha irmã - Categoria: Heterosexual - Votos: 16
152988 - [Gay] Meu amigo da faculdade é bi - Categoria: Gays - Votos: 27
153085 - [Gay] Diogo, meu amigo bi, transou comigo denovo - Categoria: Gays - Votos: 10
153154 - [Gay] [Sexo a 3] Meus amigos da Uni - Categoria: Gays - Votos: 8
154431 - [Hetero] Vizinha Casada é carente - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico teenmystery

Nome do conto:
[Hetero] Comi a minha amiga da balada

Codigo do conto:
146893

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
08/11/2019

Quant.de Votos:
0

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto minha esposautimoscontosincesto no carnaval contosprovoquei meu irmao e ele socou na minha bucetapeguei minha sogra de saia justa e fode elaconto erótico de sequestrador de mulheresViadinho com negão caralho lekão contos eroticosconto erótico pai pediuo cu do fihocoto erotico praiafoto novela porn incesto flagra comendo cu irmãme fez viado contocontos gozou sem tocar o pauperdi as preguinhas do cu quando era pequenasogra genro e filha um triangolo contos erticosVOVÓ NEGONA NUAirmao nem exita em foder buceta da irma dormindoporno sogrinha bebada chupou contosconto erotico casada de vingado do bebadoflagrante contocontodecuzao[email protected]video de homem do penis abaixo do juelho na ponhetaconto erotico namoradacintia lamark contos eróticosporno conto erotico de traiçãovideo motorista fretado esquece video pornocontos/casada fode com garoto cacetudoutimoscontosContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas no quartocontos eroticos, quase nao aguentei pous eta muito grandeداستان مصور سکسی خفنfotoseróticos angolanoshq porno negroswww.fudendocoma mante.comcontos com fotoscfm casadasfui a coelinha dos chefe dei o cu contos errroticosContos eroticos coroa rabuda casadanovinha mostra grelinho virgem pro negão esfolaContos de estupros eroticos com segurancas de escolasperdi as preguinhas do cu quando era pequenamae deita se nua na cama filho contos eroticoscontos eroticos ingenua e o negão caralhudocontos eroticos minha mulher bebadautimoscontosConto erotico menina nova com velhoquero leitinho papaisou casada adoro dar o rabo contofiquei sozinha na casa do titio e provoquei ele sem calcinha pornocontos erotico das gostosonas e perigosas.conto erotico gozada dentro da bucetacontos eroticos guaritatopcontos lesbico nora e sograContos eroticos de podolatria com fotos desejando chupar os pes bonitos de primas inocentecontos:pênis do meu filho endureceXvidio aaaaaaaitrai meu marido com o jumento do subrinho dele contos10 filme novinha em guando dormia o papai asediava Filme que não são porno googlesexo:vadias nociocontoesposa corno caralhada contos eroticos comentárioscontos eroticos "escrava" "negra" "trapos"Contos eroticos dei no portãoque buceta apertadatinhacontos eroticos sogra escondida com o genro e um casal de amigosconto erotico deflorando a menininhaimcesto papai goza muito me deixa garsdaQuadrinhos porno dpminha mãe me surpreendeu contos de incestodesenhos animados gay gibi sexoultimos contos sado professora submissa 28contos eroticos de garoto que teve o cu estourado por padrinhocontos pornô narrado de sogro f****** a noraConto o dia em que meu tio me engravidou